Clique e assine por apenas 5,90/mês

Estado de São Paulo tem tendência de estabilidade para mortes por Covid-19

Foram registrados 155 novos óbitos pela doença no último sábado (10)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 11 out 2020, 12h19 - Publicado em 11 out 2020, 12h18

O estado de São Paulo teve 155 novas mortes por Covid-19 no último sábado (10). Com oito dias seguidos de queda, a média do número de mortes voltou a ser considerada estável na terça-feira (6). O total de óbitos por causa da doença no estado é de 37 223. 

A Secretaria Estadual de Saúde informa que foram 6 626 casos registrados em 24 horas, totalizando 1 034 816 casos confirmados. As confirmações das últimas 24 horas não significam que aconteceram de um dia para o outro, mas que foram contabilizadas no período.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 42% na Grande São Paulo e 43,1% no Estado. O número de pacientes internados é de 8.031, sendo 4.556 em enfermaria e 3.475 em unidades de terapia intensiva.

O governo de São Paulo disse que houve um crescimento de 3,3% nos casos de internação na segunda-feira (5). A alta leve aconteceu após 10 semanas consecutivas de queda.

Na sexta-feira (9), grande parte do estado avançou para a fase verde do Plano São Paulo de Flexibilização Econômica. As regiões das cidades de São Paulo, Piracicaba, Campinas, Baixada Santista, Taubaté e Sorocaba podem reabrir grande parte das atividades com algumas restrições.

Continua após a publicidade
Publicidade