Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Imma

(Desde 2022)

Tipos de Restaurantes: Mediterrâneos

VejaSP:

Endereço: Rua Emanuel Kant, 58 - Itaim Bibi - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 30646254

Site: instagram.com/immarestaurante

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 12:00 - 15:30 - 19:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:30 - 19:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:30 - 19:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 23:00

sábado 12:00 - 23:00

domingo 12:00 - 17:00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (80), Levar vinhos (permite) (R$ 70,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Uma antiga residência que nas últimas duas décadas abrigou o estúdio do fotógrafo Tuca Reinés foi transformada no agradável Imma, com salão avarandado na entrada junto ao bar e nos fundos, com vista para a cozinha envidraçada, além de uma área no mezanino também usada para eventos. O caprichado cardápio tem a elaboração do sócio Marcelo Giachini, à frente de um grupo de sete investidores. “Meu sonho sempre foi ter um restaurante. Esse foi um dos motivos pelos quais decidi estudar culinária no Cordon Bleu em Paris em 2006”, conta o chef. A oportunidade surgiu durante a pandemia. Mas, antes de realizar o negócio ao custo estimado de 1,4 milhão de reais, Giachini trabalhou na importadora Casa Flora, durante nove anos. Primeiro, demonstrava os produtos do portfólio para clientes numa cozinha do showroom e, nos últimos três anos, como gerente comercial da empresa. O Imma, apesar da formação do cozinheiro, não é francês. Tem uma coleção de receitas mediterrâneas, parte delas produzida ou arrematada em um forno de pizza a lenha para ganhar um discreto aroma defumado. Assanham o apetite boas entradas como a brandade (R$ 35,00), prato nascido na Provence. Essa espécie de escondidinho de bacalhau em lascas e batata em cubos ganha valiosas adições de azeitonas pretas e um ótimo molho de tomate e pimentão vermelho. Outra sugestão obrigatória e também gratinada no forno vem da ilha italiana da Sicília. É berinjela à parmigiana (R$ 29,00), preparada com fatias da hortaliça douradas em azeite e entremeadas em camadas de muçarela de búfala, tomate em cubos e azeite de manjericão. O cordeiro assado e fatiado em nacos grandes é montado sobre feijão-­branco e farofa crocante e úmida de pão com cebola confitada no azeite (R$ 69,00). Esse prato merece um cuidado: na visita, veio com o sal no limite — um tiquinho a mais e ficaria salgado. Das quatro sobremesas, o mil-folhas, recheado de creme de confeiteiro feito com baunilha de verdade (R$ 32,00), é escolha sem erro.

Informações checadas em abril de 2022.

 

    Uma antiga residência que nas últimas duas décadas abrigou o estúdio do fotógrafo Tuca Reinés foi transformada no agradável Imma, com salão avarandado na entrada junto ao bar e nos fundos, com vista para a cozinha envidraçada, além de uma área no mezanino também usada para eventos. O caprichado cardápio tem a elaboração do sócio Marcelo Giachini, à frente de um grupo de sete investidores. “Meu sonho sempre foi ter um restaurante. Esse foi um dos motivos pelos quais decidi estudar culinária no Cordon Bleu em Paris em 2006”, conta o chef. A oportunidade surgiu durante a pandemia. Mas, antes de realizar o negócio ao custo estimado de 1,4 milhão de reais, Giachini trabalhou na importadora Casa Flora, durante nove anos. Primeiro, demonstrava os produtos do portfólio para clientes numa cozinha do showroom e, nos últimos três anos, como gerente comercial da empresa. O Imma, apesar da formação do cozinheiro, não é francês. Tem uma coleção de receitas mediterrâneas, parte delas produzida ou arrematada em um forno de pizza a lenha para ganhar um discreto aroma defumado. Assanham o apetite boas entradas como a brandade (R$ 35,00), prato nascido na Provence. Essa espécie de escondidinho de bacalhau em lascas e batata em cubos ganha valiosas adições de azeitonas pretas e um ótimo molho de tomate e pimentão vermelho. Outra sugestão obrigatória e também gratinada no forno vem da ilha italiana da Sicília. É berinjela à parmigiana (R$ 29,00), preparada com fatias da hortaliça douradas em azeite e entremeadas em camadas de muçarela de búfala, tomate em cubos e azeite de manjericão. O cordeiro assado e fatiado em nacos grandes é montado sobre feijão-­branco e farofa crocante e úmida de pão com cebola confitada no azeite (R$ 69,00). Esse prato merece um cuidado: na visita, veio com o sal no limite — um tiquinho a mais e ficaria salgado. Das quatro sobremesas, o mil-folhas, recheado de creme de confeiteiro feito com baunilha de verdade (R$ 32,00), é escolha sem erro.

    Informações checadas em abril de 2022.

     

    Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

    Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

    Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

    Impressa + Digital

    Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

    Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

    Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

    Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

    a partir de R$ 19,90/mês

    Digital

    Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

    Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

    Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

    Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

    a partir de R$ 12,90/mês