Barú Marisquería (Desde 2018)

Tipos de Restaurantes: Bom e barato, Latinos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Augusta, 2542 - lojas 5 e 6 (Villa San Pietro) - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30620898
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
sexta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:30
sábado
13:00 - 16:30 - 20:00 - 23:30
domingo
13:00 - 16:30
monetization_on

Faixa de preço

Até R$115,00

check_circle

Informações adicionais

Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (29), Levar vinhos (permite) (R$ 45,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Gabrielli Menezes e Saulo Yassuda

O lugar não poderia ser mais charmoso nem mais informal. Montado pelo chef colombiano Dagoberto Torres, fica em uma pequena galeria, na Rua Augusta. Embora escondidinho, o Barú Marisquería costuma ficar lotado no almoço e no jantar. O motivo de o público bater cartão por lá reside na qualidade dos pescados — sim, este é um restaurante especializado em peixes e frutos do mar — e nos preços razoáveis. Trazido de Santa Catarina, o sarnambi (R$ 39,00) é um marisco branco ao curry verde com capim-santo, coentro e cubinhos de tomate. O cardápio sugere muitas pedidas transitórias, que dependem da melhor oferta dos fornecedores, todas elas preparadas por uma equipe afinada na pequena cozinha aberta diante dos olhos dos clientes. Há sugestões como camarón que se duerme (R$ 38,00), com creme de pimenta chipotle e alho oriental nirá, e la milanga (R$ 35,00), um sanduíche de milanesa de meca, coleslaw com kimchi e maionese de jalapeño. Outra escolha indispensável é o salteado de lula com feijão-manteiguinha (R$ 45,00). Uma maravilha! Embora o lugar seja simples, o serviço de vinhos, de primeira, é conduzido pela sommelière-gerente Camila Ciganda.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    Comer e beber

    • 2019 - Vencedor

      Bom e Barato - Restaurante Comer & Beber .

      O lugar não poderia ser mais charmoso nem mais informal. Montado pelo chef colombiano Dagoberto Torres, fica em uma pequena galeria, na Rua Augusta. Embora escondidinho, o Barú Marisquería costuma ficar lotado no almoço e no jantar. O moti- vo de o público bater cartão por lá reside na qualidade dos pescados — sim, este é um restaurante especializado em peixes e frutos do mar — e nos preços razoáveis. Trazido de Santa Catarina, o sarnambi (R$ 39,00) é um marisco branco ao curry verde com capim-santo, coentro e cubinhos de tomate. O cardápio sugere muitas pedidas transitórias, que dependem da melhor oferta dos fornecedores, todas elas preparadas por uma equipe afinada na pequena cozinha aberta diante dos olhos dos clientes. Há sugestões como camarón que se duerme (R$ 38,00), com creme de pimenta chipotle e alho oriental nirá, e la milanga (R$ 35,00), um sanduíche de milanesa de meca, coleslaw com kimchi e maionese de jalapeño. Outra escolha indispensável é o salteado de lula com feijão-manteiguinha (R$ 45,00). Uma maravilha! Embora o lugar seja simples, o serviço de vinhos, de primeira, é conduzido pela sommelière-gerente Camila Ciganda.

      Arnaldo Lorençato, Gabrielli Menezes e Saulo Yassuda

    • 2018 - Participante

      Bom e barato Comer & Beber .

      Aberto em janeiro de 2018, o endereço é o novo posto avançado do colombiano Dagoberto Torres, cujo trabalho ficou conhecido no Suri Ceviche Bar, em Pinheiros. Num ambiente pequeno e bem simples, o chef oferece um cardápio que percorre, em especial, o litoral de países da América Latina. Sempre a preços muito atraentes, há opções como o lambe lambe, de inspiração portuguesa, preparado com vôngoles num caldo de peixe, azeite de oliva, limão e coentro na companhia de pão na brasa (R$ 30,00). Não falta o ceviche ao estilo peruano, preparado aqui com peixe branco, couve, lula e mandioca frita (R$ 42,00) no lugar dos chips de batata-doce. Escoltada por quiabo, tomate e cebola, a barriga de atum vai à grelha por seis minutos para selar apenas por fora (R$ 50,00). Há um único doce, servido na caneca — o tres leches (R$ 17,00), com abacaxi grelhado e manga fresca misturados a pão de ló umedecido por leites condensado e integral vaporizado mais creme de leite.  (Informações checadas entre julho e setembro de 2018).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante, Gabrielli Menezes e Saulo Yassuda

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s