Três mostras com trabalhos em videoarte

Regina Silveira, Cao Guimarães e a coletiva<em> Estranhamente Familiar/Unheimlich</em> exploram o gênero de diferentes maneiras

Ver é uma Fábula, de Cao Guimarães, reúne 20 vídeos em telas gigantes do cineasta, fotógrafo e videoartista mineiro Cao Guimarães, no Itaú Cultural. Preste atenção no curioso vídeo O Inquilino, em que ele acompanha uma bolha de sabão por uma casa em reforma/abandonada.

Já na mostra individual de Regina Silveira, Offscale, na Luciana Brito Galeria, há a animação digital Una Vez Más, de 2012: uma mão, com um dedo médio levantado, gira na tela, enquanto se ouve um barulho de engrenagem enferrujada.

Regina SilveiraRegina Silveira

 (/)

Na coletiva Estranhamente Familiar/Unheimlich, Alice Miceli exibe a videoprojeção Flautista, de 2013. Ela partiu do conto de fadas O Flautista de Hamelin, recriado de uma história popular pelos irmãos Grimm, para criar a obra. A história do flautista que encanta crianças e desaparece com elas foi trabalhada com uma única imagem, que ganha contornos mais ou menos intensos de acordo com o andamento de uma música tocada.

Estranhamente Familiar - Unheimlich - Arte Atual - Tomie OhtakeEstranhamente Familiar – Unheimlich – Arte Atual – Tomie Ohtake

 (/)

+ Entenda o tema freudiano Estranhamente Familiar/Unheimlich

Confira mais detalhes abaixo:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s