Clique e assine por apenas 6,90/mês

Em vídeo, Thammy rebate discurso de ódio por campanha de Dia dos Pais

Filho de Gretchen falou sobre os ataques que vem sofrendo

Por Redação VEJA São Paulo - 30 jul 2020, 14h20

Thammy Miranda publicou um vídeo em suas redes sociais na última quarta-feira (29) em que rebate os ataques sofridos após a Natura o convidar para estrelar, ao lado de outros homens, uma campanha de Dia dos Pais. “Vários outros influencers foram contratados para fazer a campanha. Se eu não te represento, OK, existem outros que te representam. É disso que a gente tá falando, da liberdade de representar”, falou.

Ele lembrou que os ataques não ferem somente a ele, mas a uma comunidade inteira de pessoas. “A questão não é comigo. Eu, de verdade, não estou sofrendo com isso, porque eu não li um comentário negativo. Então, pra mim, não está doendo. Eu tenho consciência da dor que eu estaria sentindo se tivesse procurado tudo isso aí que vocês estão falando”, continuou.

Thammy ressaltou ainda que a campanha não se trata de uma competição e que não se sente melhor nem pior do que outros pais. “Só sou o pai que todos deveriam ser.”

A polêmica envolvendo a campanha da companhia começou após conservadores desaprovarem a ação. O pastor Silas Malafaia, por exemplo, pediu que as pessoas boicotassem a empresa. Na última quarta (29), porém, a Natura viu suas ações na Ibovespa dispararem.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

A post shared by Thammy Miranda (@thammymiranda) on

Publicidade