Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Giovanna Antonelli relembra dança do ventre em ‘O Clone’: “tenho pavor”

Em entrevista a atriz falou sobre a novela de sucesso de 2001 e deu detalhes sobre o treinamento para aprende a difícil dança

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 26 ago 2020, 13h46 - Publicado em 26 ago 2020, 13h37

Giovanna Antonelli relembrou em entrevista seu papel na novela O Clone, de 2001. Na trama a atriz interpretava Jade, uma personagem muçulmana que era dançarina do ventre. No programa Conversa com Bial a atriz revelou que não se sentia confortável com as performances que precisava executar na frente das câmeras.

“Eu odeio dançar, tenho pavor”, disse para Pedro Bial em entrevista que foi exibida na madrugada desta quarta-feira (26). “Se quer me deixar louca é fazer eu dançar. Eu fico nervosa, suo no sovaco”. Mas a atriz revelou que escondeu o desconforto para continuar no papel. “Eu não podia contar para ninguém que eu não gostava de dançar porque era a maior oportunidade da minha vida”, relembra.

Ela afirmou que ensaiava mais de dez horas por dia para tentar executar a dança. “Eu gravava o ensaio em uma fita cassete e depois ficava assistindo para corrigir os erros. Ficava lá, obsessivamente, até aprender a equilibrar a espada”. Em algumas das performances de Jade ela usava espadas e contracenava com cobras. “Eu falava para mim mesma: ‘enquanto eu não dançar essa dança do ventre igual, ou melhor, do que a minha professora [não paro]”.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade