Clique e assine por apenas 6,90/mês

Estado de saúde de Rodrigo Rodrigues é grave, diz novo boletim médico

Apresentador continua em coma induzido

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 27 jul 2020, 18h48 - Publicado em 27 jul 2020, 18h47

O apresentador Rodrigo Rodrigues, da TV Globo e do SporTV, continua em coma induzido e em estado grave, informou o hospital Unimed Rio, onde está internado. Ele foi diagnosticado com a Covid-19 há dezesseis dias e teve complicações no final da última semana, quando foi para  UTI.

Rodrigo chegou a passar por um procedimento cirúrgico para diminuição da pressão intracraniana após a equipe médica confirmar uma trombose venosa cerebral (TVC).

Leia o último comunicado da equipe médica:

O Hospital Unimed-Rio informa que, após a realização de novos exames, o paciente Rodrigo de Oliveira Rodrigues segue em coma induzido, em estado grave, monitorizado em unidade de terapia intensiva. No último domingo, 26/07, o paciente foi submetido a procedimento para diminuição da pressão intracraniana em decorrência de trombose venosa cerebral. Rodrigo havia dado entrada na emergência da nossa unidade no sábado, 25/07, com quadro de cefaleia, vômitos e desorientação, além de diagnóstico prévio de Covid-19.

Continua após a publicidade

Paulo Henrique Ribeiro Bloise, Diretor Médico do Hospital Unimed-Rio

A Globo informou que Rodrigo recebe apoio e acompanhamento após o “diagnóstico confirmado de Covid-19 há cerca de 15 dias” e que ele estava afastada de suas funções desde então. Atualmente, ele apresenta o “Troca de Passes”, do Sportv.

Publicidade