Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Elliot Page já confrontou Bolsonaro em documentário polêmico

O artista que acaba de revelar ser trans entrevistou o atual presidente do Brasil em série que rodou o mundo

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 17 dez 2020, 16h37 - Publicado em 2 dez 2020, 16h32

Anteriormente conhecido como Ellen Page, Elliot Page, 33, publicou em suas redes sociais que é transgênero. “Olá amigos, quero compartilhar com vocês que sou trans, meus pronomes são ele/eles e meu nome é Elliot”, escreveu na mensagem.

Em 2016, Page fez parte de uma série de documentários chamado “Gaycation”. Nele, visitou diversos lugares do mundo para apresentar histórias de pessoas LGBTI+ de diferentes países, falando sobre suas vidas e dificuldades. 

No Brasil, o ator entrevistou Jair Bolsonaro, na época deputado federal. A conversa viralizou não só no Brasil como no exterior por causa das respostas do atual presidente do Brasil.

Em uma parte da entrevista, Page questiona uma fala feita pelo político. “Li uma citação sua dizendo que as pessoas deveriam tirar o gay que existe em seus filhos na porrada. Eu sou gay e pergunto: deveria ter apanhado quando era criança para que não fosse gay?”.

“Eu não vou olhar para a tua cara e falar ‘acho que você é gay’. Mas também não me interessa. (Você é) muito simpática. Se eu fosse um cadete da Academia das Agulhas Negras e te encontrasse na rua, eu ia assobiar para você. Tá ok? Muito bonita”, responde Bolsonaro

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

Continua após a publicidade
Publicidade