Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Trisal do TikTok” muda versão sobre relacionamento

Eles divulgavam há dois meses uma relação a três nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 1 dez 2020, 12h52 - Publicado em 30 nov 2020, 15h05

Conhecidos como “trisal do tiktok“, Thalita Lins, 17, Michel Gomes, 20, e Kauê Oliveira, 20, ganharam fama em setembro, quando começaram a divulgar na internet que mantinham um relacionamento a três. No último domingo (29), no entanto, eles publicaram no Youtube um vídeo em que mudam a versão sobre ser um trisal e afirmam apenas serem amigos.

No vídeo, eles pedem desculpas e afirmam que mentiram sobre a relação porque ficaram famosos na internet. “Quem não gosta da fama está mentindo. Quem para pra pensar, a fama é muito boa”, diz Kauê. “Todo mundo mente no TikTok para viralizar”, completa Thalita em seguida.

Antes da postagem no YouTube, o trio havia confirmado o relacionamento a três a Vejinha para participar da seção “Nosso Louco Amor“, em novembro. Em depoimento gravado, Michel conta que o trio havia se conhecido em uma vigília evangélica, decidiu começar o namoro e os três ficaram conhecidos como “trisal do TikTok” nas redes sociais, inclusive fechando parcerias comerciais.. A menção à igreja parece ter pesado na decisão de gravar um vídeo mudando a versão, já que em vários momentos eles pedem desculpas à instituição evangélica à qual dizem fazer parte. Há dois meses, no mesmo canal do Youtube, de Michel Gomes, eles publicaram o vídeo “Perguntas para o Trisal”, em que respondem curiosidades sobre o relacionamento. Outro tem o título “Quem é o mais provável do trisal”.

Após a publicação da entrevista, Thalita pediu a Vejinha que a publicação fosse removida do Facebook por conta de comentários “pesados”, alegando que o texto “manchava as igrejas evangélicas” e afirmando que “em nenhum momento cobrou” para que o depoimento fosse publicado _a Vejinha faz jornalismo e não paga para que personagens retratados na revista deem entrevista ou sejam fotografados. Os três, inclusive, assinaram termo de autorização de uso de imagem.

Até o momento, nenhum dos três desmentiu a história a Vejinha.

Continua após a publicidade
Publicidade