Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Red Lobster, Olive Garden e LongHorn devem ganhar filiais em São Paulo

Grupo dono do Frango Assado e do Viena adquiriu os direitos para explorar as marcas de comida rápida na America Latina

Por Redação VEJA SÃO PAULO Atualizado em 5 dez 2016, 16h18 - Publicado em 21 fev 2013, 13h47

Grupo de food service por trás de grandes cadeias brasileiras como Frango Assado e do Viena, o International Meal Company (IMC), com sede na capital, acaba de assinar um contrato para explorar as redes de comida rápida Red Lobster, Olive Garden e LongHorn Steakhouse, que pertencem à empresa americana Darden Restaurants. Com a celebração do acordo, a IMC tem direito a abrir restaurantes dessas marcas na América Latina.

Especializada em pescados e fundada em 1968 em Lakeland, na Flórida, a Red Lobster foi o primeiro negócio culinário da Darden Restaurants. As outras duas franquias têm a culinária italiana e as carnes como principais atrativos, respectivamente.

As 57 filiais já negociadas estarão divididas entre Brasil, Colômbia, Panamá e República Dominicana. Como o mercado nacional concentra 75% das operações do IMC,  a previsão é que o maior número de lojas se concentre em cidades brasileiras com foco em São Paulo.

Publicidade