Como foi a festa de lançamento da 22ª edição do guia COMER & BEBER

Em uma noite emocionante, o guia premiou endereços e personagens que ajudam a mudar a paisagem gastronômica da capital

Ao som de Vivaldi, imagens da cidade se alternam no telão com outras, de comida. As cenas vão se sucedendo até revelar, no final, a foto de seis personagens que contribuem para mudar a gastronomia paulistana para melhor. O retrato, que arrancou aplausos de um público de quase 700 convidados que lotou a Casa Charlô, no Itaim Bibi, no último dia 20, revelava a capa da 22ª edição do COMER & BEBER, o guia gastronômico mais importante do país, lançado naquela noite.

A publicação, que premiou os melhores estabelecimentos e personagens da capital em 43 categorias, trouxe um ensaio de encher os olhos, com cenário de dez novos — e lindos — endereços para ir comer e beber. Somados os campeões, a revista publicou um total de 800 endereços testados pela equipe de críticos, de forma anônima e com pagamento de todas as contas.

O apresentador Zeca Camargo, da Rede Globo, que conduziu o evento

O apresentador Zeca Camargo, da Rede Globo, que conduziu o evento (Romero Cruz/Veja SP)

O mestre de cerimônias do evento, apresentado pelo Santander, foi o jornalista da Rede Globo Zeca Camargo, que chamou ao palco para entregar os prêmios celebridades como a atriz Marília Gabriela e o novelista e escritor Walcyr Carrasco, junto a outros famosos que despontam como fenômenos na internet, caso das youtubers Luanda Gazoni e Maddu Magalhães. Fizeram parte desse time as apresentadoras Millena Machado e Regina Volpato e o humorista Rafael Cortez. Dos musicais, deram brilho à noite os atores Fabi Bang e Guilherme Magon. Também estavam lá os cantores Mariana Nolasco e Dani Black, a apresentadora do Morning Show Paulinha Carvalxho e o escritor Caio Carneiro.

A grande homenageada na edição 2018/2019, e uma das personagens da capa, é a chef Mara Salles, do Tordesilhas, eleita a personalidade gastronômica. “Estou em estado de graça”, disse. Outro retratado radiante com a placa recebida é o empresário Leo Sanchez, restaurateur do ano e um dos sócios do restaurante Vista, a estreia de 2018. “No domingo depois da publicação, batemos recorde de público”, comemora.

Marília Gabriela entre Rogério Fasano e Luca Gozzani, do premiado Fasano

Marília Gabriela entre Rogério Fasano e Luca Gozzani, do premiado Fasano (Flavio Santana/Veja SP)

Como costuma ocorrer após o lançamento do guia, outros endereços também tiveram alta na demanda. A saída de tribones, corte mencionado no texto sobre a melhor churrascaria, o Rubaiyat, mais que dobrou, nos cálculos do sócio Belarmino Iglesias Filho. “É o efeito do Oscar da gastronomia brasileira”, festejou. A rede Bráz Elettrica, dona da melhor pizza de balcão, teve aumento de 25% de público no fim de semana. O pequeno Marcha e Sai, em Higienópolis, registrou procura 65% maior no sábado depois de faturar o título de bom e barato em Comidinhas.

Entre as novidades da edição está a estreia de prêmios como o sorveteiro do ano, que foi para Thomas Zander, do Frida & Mina. “Ficamos muito felizes com a nova categoria. Até então, esse profissional era meio invisível”, afirma. Outro novo destaque é a premiação para os drinques de até 27 reais, dada ao Benzina. A placa foi recebida por Gabriel Santana, responsável pelos coquetéis. “Vamos ver se no ano que vem eu ganho o prêmio de melhor bartender também”, arriscou.

O editor sênior Arnaldo Lorençato e o chef do ano, Paulo Shin, do coreano Komah

O editor sênior Arnaldo Lorençato e o chef do ano, Paulo Shin, do coreano Komah (Romero Cruz/Veja SP)

Um dos momentos mais emocionantes da festa foi quando o boteco japonês Quito Quito foi anunciado como o izakaya número 1. A chef japonesa Kaori Muranaka não conteve as lágrimas. “Lembrei desses cinco anos de trabalho na capital, sem entender português. Estou muito feliz porque a VEJA SÃO PAULO é brasileira, e não uma revista japonesa — um sinal de que o público daqui está aceitando o que fazemos.”

A comemoração de Luiz Filipe Souza, do Evvai, o chef revelação

A comemoração de Luiz Filipe Souza, do Evvai, o chef revelação (Romero Cruz/Veja SP)

As apresentadoras Paulinha Carvalho (Morning Show) e Regina Volpato (Mulheres) e o ator Thiago Adorno

As apresentadoras Paulinha Carvalho (Morning Show) e Regina Volpato (Mulheres) e o ator Thiago Adorno (Romero Cruz/Veja SP)

O novelista Walcyr Carrasco (de óculos), da Globo, com os sócios do Vista, a estreia do ano

O novelista Walcyr Carrasco (de óculos), da Globo, com os sócios do Vista, a estreia do ano (Romero Cruz/Veja SP)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s