Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Marcos Caruso faz relato emocionante sobre a saúde do neto

"Isso porque Bento, meu neto, nasceu um tanto diferente das outras crianças", escreveu o ator da Rede Globo em uma publicação emocionante no Instagram

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 dez 2017, 13h39 - Publicado em 14 dez 2017, 13h38

O ator Marcos Caruso usou seu perfil no Instagram para fazer um relato emocionante sobre a saúde de seu neto, Bento, que nasceu com problemas de saúde. “O Menino Que Não Sabia Chorar existe de verdade. É meu neto. A mãe dele, Luiza Pannunzio, assim que ele nasceu, passou a desenhar e também a escrever para que ele leia quando crescer. Isso porque Bento, meu neto, nasceu um tanto diferente das outras crianças“, escreveu o ator.

Sem o canal lacrimal direito, com uma fenda no rosto e faltando o céu da boca. Desde que nasceu, já fez 3 cirurgias e tantos outros inúmeros procedimentos e acho que esta foi a forma da mãe dele viver esta nossa história. Ela precisou escrever e desenhar. Também montou uma ONG, As Fissuradas, e hoje ajuda milhares de família que, como a nossa, tiveram surpresas ‘extraordinárias’ ao terem seus bebês“, escreveu Caruso, fazendo referência ao filme Extraordinário, em cartaz em São Paulo — clique aqui para saber mais.

Fato é que, veio Paula Autran e desse material todo escreveu uma peça e, agora, estamos na reta final do Catarse para fazer um livro da peça e lavá-la para se apresentar em hospitais públicos de todo o país. A meta está clara lá no site e estamos longe de conquistar o valor desejados. Mas, como faremos o projeto seja lá como for, peço a você que faça sua doação, escolha sua contrapartida e apresente esse projeto aos conhecidos teus. Compartilhe dele! Fale sobre ele. E acredite, nós queremos mudar o mundo e contamos com você“, finalizou o ator. Confira: 

View this post on Instagram

@omeninoquenaosabia chorar existe de verdade. É meu neto. A mãe dele – @luizapannunzio – assim que ele nasceu – passou a desenhar e também a escrever para que ele ler quando crescer. Isso porque Bento – meu neto, nasceu um tanto diferente das outras crianças. Sem o canal lacrimal direito, com uma fenda no rosto e faltando o céu da boca. Desde que nasceu, já fez 3 cirurgias e tantos outros inúmeros procedimentos e acho que esta foi a forma da mãe dele – viver esta nossa história. Ela precisou escrever e desenhar. Também montou uma ONG – @asfissuradas e hj ajuda milhares de famílias que como a nossa – tiveram surpresas “extraordinárias” (em referência ao @extraordinarioofilme) ao terem seus bbs. Fato é que, veio @paula.autran e desse material todo, escreveu uma peça e agora estamos na reta final do @catarse pra fazer um livro da peça e levá-la para se apresentar em hospitais públicos de todo país. A meta está clara lá no site e estamos longe de conquistar o valor desejado. Mas como faremos o projeto – seja lá como for, peço a vc que faça sua doação, escolha sua contrapartida e apresente este projeto aos conhecidos teus. Compartilhe dele! Fale sobre ele. E acredite, nós queremos mudar o mundo e contamos com vc! Tem link na bio do menino que não sabia chorar para facilitar teu acesso a nós! Tá acabando!!!! Vem!!! Precisamos de vc!!! São os últimos dias de campanha!!! #fissuralabiopalatina #omeninoquenaosabiachorar #luizapannunzio #caetanocaruso #bento #clarice #extraordinario #catarse #amor

A post shared by Marcos Caruso (@marcos_caruso) on

A ONG As Fissuradas apoia mães cujos filhos nasceram com fissura labiopalatal, assim como o pequeno Bento — clique aqui para ajudar na arrecadação de fundos e saber mais sobre o projeto de Luiza, filha de Caruso. 

Dê sua opinião: E você, o que achou do relato do ator? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade