Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Adolescente quase fica cega após usar tinta para sobrancelhas

"Não gostaria que ninguém passasse pelo o que eu passei", revelou a jovem após a experiência

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 25 fev 2017, 20h00 - Publicado em 14 fev 2017, 18h22

A adolescente Tylah Durie, de 16 anos, enfrentou uma situação assustadora: após colorir as sobrancelhas, ela sofreu uma reação alérgica que a quase deixou cega. Ela sentiu uma coceira e queimação 30 minutos após aplicar a “1000 Hour Eyelash and Brow Dye”, produto que pode ser encontrado até no site online Amazon. Atenção: imagens fortes.

Eu acordei quase cega por causa da reação alérgica, meus olhos tinham inchado como grandes balões, eu estava chorando e gritando. Eles estavam praticamente colados, eu só conseguia enxergar um pouco e eu estava lacrimejando pus“, contou a jovem ao The Daily Mail. Para piorar o desespero da adolescente, Tylah não sabia que ela tinha uma alergia letal a um dos químicos do produto, chamado p-Fenilenodiamina — a jovem também não fez o teste recomendado numa pequena parte da pele antes de aplicar a coloração. 

003

007

Após o susto, Tylah Durie agora lida com queimaduras químicas ao redor dos olhos e foi avisada: se ela tocar novamente no produto, ela “pode morrer”. “Eu fiquei hospitalizada e foi assustador, médicos disseram que eu tenho uma alergia incomum, mas severa, que poderia ter me deixado cega permanentemente. Eu passei por dores excruciantes apenas por pintar as minhas sobrancelhas e cílios. Eu nunca mais vou usar tinta“, desabafou.

Continua após a publicidade

004

Agora, a adolescente quer alertar outras pessoas sobre os perigos da coloração: “Quando eu apliquei a tintura eu estava bem, eu esperei dez minutos, como recomenda a embalagem, e removi o produto. Tudo estava ótimo e eu fiquei muito feliz com o resultado. Mas, como eu não fiz um teste antes de usá-la, após cerca de meia-hora a pele ao redor dos meus olhos começou a pinicar. Ninguém na minha família faz esse teste, então eu imaginei que ficaria bem já que nunca sofri nenhum tipo de reação pintando meu cabelo no passado“, explicou.

005

006

Continua após a publicidade

No dia seguinte, um médico disse o quão sortuda eu era por não ter perdido minha visão. Agora, eu os visito com frequência para acompanhar os últimos efeitos colaterais da tinha“, explicou. Após o acidente, ela promete não usar produtos químicos para fazer tinturas novamente: “Eu estou tomando muitos remédios e não gostaria que ninguém passasse pelo o que eu passei então, por favor, façam um teste antes de usar qualquer produto“, alertou a adolescente.

002

Ao The Daily Mail, um representante da empresa responsável pela “1000 Hour Eyelash and Brow Dye” disse que o p-Fenilenodiamina é um ingrediente comum em tinturas de muitos tipos: “É de conhecimento geral que algumas pessoas podem ser sensíveis ao composto e podem achar o produto não compatível com a sua pele. O mesmo pode ser dito sobre qualquer outro produto cosmético com agentes colorantes“, explicou. “Por esse motivo, todos os produtos para coloração contém instruções bastantes simples e claras, para que o consumidor possa fazer um teste antes de usá-lo numa região sensível. Nós recomendamos que a pessoas façam um teste de sensibilidade 48 horas antes de aplicarem o produto“, explicou. 

Dê sua opinião: E você, o que achou da aterrorizante história da adolescente? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.