Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Saulo Yassuda, repórter e crítico de bares de VEJA São Paulo Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Caracol tem boa discotecagem e carta de drinques; leia a crítica

Aberto pelo DJ Millos Kaiser e por mais três sócios, bar na Vila Buarque tem a música como um dos (muitos) pontos altos

Por Gabrielli Menezes 24 Maio 2019, 06h00

Sabe o ditado “em casa de ferreiro, o espeto é de pau”? Pois bem, ele não se aplica ao Caracol. Aberto em setembro pelo DJ Millos Kaiser, criador da festa Selvagem, e por mais três sócios, o bar tem a música como um dos (muitos) pontos altos.

A cada dia de funcionamento, o espaço recebe um convidado, que comanda o pickup analógico com sets de vinil. Hits eletrônicos temperados com brasilidades ecoam em alto e bom som por caixas Klipschorn, de 1987. A pista de dança costuma ferver de gente com perfil eclético, acima dos 25 anos, após as 21h, quando as luzes se suavizam.

KGB: drinque levemente amargo vem no copo de margarita Ricardo Dangelo/Veja SP

Quem faz o tipo tranquilão e prefere momentos sem tanto agito também encontra seu lugar. Além de banquetas no balcão alongado, há mesinhas nos fundos do imóvel. Sem frescura, a galera também se senta na arquibancada que dá acesso ao fumódromo com uma Beck’s long neck (R$ 12,00) ou um drinque na mão.

Dercy: bom coquetel para apreciadores de aguardente Ricardo Dangelo/Veja SP

O dercy (R$ 18,00) é boa opção para fãs de cachaça, misturada a aperitivo de ervas nacional, mel e limão. Levemente amargo, o kgb (R$ 32,00) combina vodca, licor francês de flores, vermute seco, limão e hibisco no copo de margarita. Gim, limão, açúcar e espumante formam o french 76 (R$ 35,00), agradável e fácil de beber.

Entre um copo e outro, o bao, é uma boa opção para quem que fazer uma boquinha Ricardo Dangelo/Veja SP

Bateu a fome? O arancini de costela bovina (R$ 18,00, cinco unidades) pode ser petiscado em grupo. Para apetites mais vorazes, melhor ficar com o bao, pãozinho asiático feito no vapor com recheio de pato desfiado e picles de beterraba, em par (R$ 27,00).

Continua após a publicidade

Avaliação: BOM (três estrelas)

Clique para conferir o cardápio:

 

 

 

 

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha. É só clicar aqui.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês