Imagem Blog

Memória

Por Blog
Uma viagem no tempo às décadas passadas por meio de suas histórias, costumes e curiosidades.
Continua após publicidade

Os eventos especiais do Playcenter

De show do Roberto Carlos a visita do King Kong, o parque além dos brinquedos

Por Roosevelt Garcia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 4 jul 2017, 20h28 - Publicado em 4 jul 2017, 20h26

Durante os quase 40 anos de vida do Playcenter, ele não foi só um parque de diversões onde a família toda podia se divertir o dia todo. Em algumas ocasiões, o local também recebeu atrações que saíram um pouco de sua rotina, em shows e festas especiais sempre concorridas. Veja alguns desses eventos:

1975 – Johnny Mathis, na Noite do Amor
O romântico cantor americano fez uma apresentação para 20 000 pessoas.

1975 – Bill Halley, Noite do Rock
No mesmo ano, um dos maiores expoentes do rock´n´roll também fez sua festa no Playcenter.

1975 – Show de Roberto Carlos
Roberto fez shows no Playcenter duas vezes, em 1975 e 1977.

(Playcenter/Divulgação)

1976 – Show do Buffalo Bill
Em comemoração aos 200 anos da independência americana, o show foi parte das homenagens do governo brasileiro aos Estados Unidos. O espetáculo teve rodeios e encenação de cenas típicas do Velho Oeste, como ataque de índios.

(Playcenter/Divulgação)

1977 – Jessica Lange
A atriz esteve no Brasil para o lançamento do filme King Kong, ciceroneada por Silvio Santos. Nessa ocasião, o gorilão era uma réplica construída no Brasil, e ela reproduziu a cena em que fica na mão do gorila. Em 1979, o verdadeiro King Kong esteve no parque, um monstruoso boneco mecânico que se movia de verdade.

Continua após a publicidade
Jessica Lange no Playcenter em 1977 (Playcenter/Divulgação)
O gorila feito no Brasil, atração de 1977. À direita, o King Kong original, exibido em 1979 (Playcenter/Divulgação)

1984 – Menudo
A banda preferida das menininhas da época esteve no Brasil e lotou o parque.

Menudo no Playcenter (Divulgação/Veja SP)

1987 – Playrock
Festival de rock nacional com Ira!, Ultraje a Rigor, Lulu Santos, Capital Inicial, Heróis da Resistência e Titãs.

1992 – Play Country
O evento de música sertaneja apresentado por Gugu Liberato reuniu grandes nomes do estilo.

1993 – Michael Jackson
O parque ficou fechado por duas horas, enquanto o artista estava por lá. Diz a lenda que ele quis comprar a Montanha Encantada e levar para sua propriedade.

Michael Jackson posa com amigos no Playcenter (Divulgação/Veja SP)

1994 – Evento Sonho e Fantasia
Em comemoração ao Dia da Criança, reuniu apresentadoras de programas infantis da época num só evento. Angélica, Mariane e Eliana participaram.

Continua após a publicidade

1997 – Evento Summer Dance
Danceteria a céu aberto animada por DJs e bailarinos profissionais.

1998 – Playcenter Festival
Festival de música brasileira nos dias 14, 20 e 21 de maio, com Cidade Negra, Exaltasamba, Zezé di Camargo e Luciano, entre outros.

1999 – Festa Love Park
Rave que recebeu cerca de 12 000 pessoas.

1999 – Loolapalooza
Três meses de festival com música, esportes radicais e competições.

2000 – Torneio de Volei de Praia
Competição com os maiores jogadores da época.

Continua após a publicidade

2002 – Evento E-Force
De música eletrônica, em parceria com a Metropolitana FM.

2006 – X-Play Festival
Entre 8 de abril e 28 de maio daquele ano foi realizado um mega festival de rock com bandas nacionais e internacionais por quase dois meses. Entre os convidados, Pato Fu, Biquini Cavadão, Raimundos, Tihuana e Angra.

2009, 2010 e 2011 – Das sete edições do festival de música pop Planeta Terra realizadas em São Paulo, três foram no Playcenter. As atrações nessas edições incluíram Smashing Pumpkins, Iggy Pop e Arctic Monkeys.

Iggy Pop no Festival Planeta Terra (Playcenter/Divulgação)

2011 – Intercollege
Evento dançante com a presença do duo islaelense Skazi (Psi Trance).

2011 – Gay Day
Realizado um dia antes da Parada Gay na Avenida Paulista, aconteceu no Playcenter em 1999, depois teve cinco edições no Hopi Hari, e voltou ao Playcenter em 2005, onde foi realizado até 2011. O parque era aberto exclusivamente para o público LGBT, e aconteciam shows de drags.

Continua após a publicidade

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.