Imagem Blog

Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming
Continua após publicidade

História de impostor israelense é contada no documentário O Golpista do Tinder

Simon Leviev extorquia mulheres depois de conquistá-las através do aplicativo de relacionamentos; falso milionário segue em liberdade

Por Barbara Demerov
18 fev 2022, 06h00

Nas redes sociais, este ainda é um dos comentários mais feitos pelo público após assistir ao documentário O Golpista do Tinder, na Netflix: “Como as mulheres acreditaram nas mentiras de Simon Leviev?”.

+ Joaquin Phoenix é destaque em filme sobre relacionamentos familiares

Sem muitas surpresas, o foco negativo recaiu nas vítimas do falso milionário israelense. Enquanto isso, o suposto criminoso conquistou milhares de seguidores em seu Instagram e segue em liberdade.

Além de provas, a surpreendente história traz uma situação atual em aplicativos de namoro: a expectativa de encontrar um amor em tempos em que a troca entre pessoas raramente dá um “match perfeito”.

Continua após a publicidade

Pensando exatamente em ser aquele alguém para moças que buscavam por um par, Leviev agia sorrateiramente. Ao apresentar imagens convidativas em seu perfil do Tinder (já derrubado), com roupas elegantes em seu jatinho ou em viagens, o homem atraiu diversas mulheres por aparentar ser confiável.

Mas, após conquistá­-las, Leviev pedia quantias exorbitantes de dinheiro com a desculpa de “estar correndo perigo” por seus negócios. Depois, partia para a próxima vítima. O documentário apresenta o rastro de traumas e dívidas com relatos de três delas, incluindo Ayleen Charlotte, que, em forma de vingança, vendeu peças de roupas do ex para tentar reaver uma parcela do que perdeu.

O Golpista do Tinder demonstra o poder de um celular nas mãos de quem quer se aproveitar do outro — e de quem não é celebridade, mas ganha a atenção como se fosse

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 12,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 22 de fevereiro de 2022, edição nº 2777

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.