Imagem Blog

Blog do Lorençato

Por Arnaldo Lorençato
O editor-executivo Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há mais de 30 anos. De 1992 para cá, fez mais de 16 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista é professor-doutor e leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie
Continua após publicidade

Ex-funcionário teria provocado incêndio em restaurante de Moema

A charmosa trattoria La Grassa funcionou até as 17h do dia 31, o último domingo, e, depois de fechada foi consumida por incêndio que se suspeita criminoso

Por Arnaldo Lorençato Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Gabrielli Menezes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 jan 2022, 15h15 - Publicado em 2 abr 2019, 10h59

Como sempre ocorreu em quase duas décadas de atividade, a charmosa trattoria La Grassa, na Avenida Juriti, em Moema, serviu todos os pedidos do dia 31 e fechou as portas às 17h. Essa era a rotina aos domingos e não foi diferente neste último. A casa retornaria às atividades nesta terça (2), já que ontem, segunda (1°), era o dia de descanso. Antes de sair e fechar o estabelecimento, a esposa de um dos sócios, responsável pela gestão da casa, checou se tudo estava desligado. Só permaneceram em funcionamento aparelhos essenciais como geladeiras e câmaras de refrigeração. Logo depois da meia-noite, porém, um incêndio atingiu o local.

Acionado, o Corpo de Bombeiros controlou o fogo em meia hora, e, às 5h da manhã, finalizou a operação no local. De acordo com a corporação, ninguém foi ferido. O restaurante, entretanto, teve o salão, o bar, o mezanino e a adega com 300 garrafas de vinho atingidos pelas chamas. O teto de gesso da cozinha, que fica aos fundos do imóvel, cedeu pelo calor, mas os equipamentos que estavam no local não foram destruídos. Por conta dos danos na estrutura, há possibilidades de que toda a construção tenha que ser demolida.

O espaço antes do acidente (Reprodução Google Maps/Divulgação)

Infelizmente, registros de câmeras de segurança do restaurante e de vizinhos indicam se tratar essa de uma ação criminosa, que está em investigação pela polícia. “O caso citado é investigado pelo 96° DP, que trabalha em busca de elementos que auxiliem na identificação da autoria e esclarecimento dos fatos”, pronunciou-se oficialmente a Secretaria da Segurança Pública, na segunda (1º).

Confira as imagens:

Continua após a publicidade

De acordo com um sócio que preferiu não se identificar, as imagens apontam um suspeito. Um funcionário temporário especialista em molhos, que prestou serviço para a empresa durante três meses, teria sido o responsável pela destruição. Ele teria sido flagrado quebrando o vidro da fachada do imóvel com a ajuda de um martelo. Em seguida, teria jogado gasolina com o auxílio de uma garrafa PET pelo espaço próximo ao janelão e ateado fogo com um pano preso com barbantes a um toco de madeira.

O homem teria sido dispensado cerca de quinze dias atrás, por “causar problemas internos” e “apresentar temperamento agressivo”. Uma das hipóteses é de vingança por causa da demissão. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) não confirmou quem ou o que causou o incêndio.

Segundo esse mesmo sócio, o restaurante estava passando por um momento de transição e melhoria. “Nosso público estava aceitando melhor a casa e, neste último fim de semana, tivemos um movimento excelente”, conta. Ele diz ainda que funcionários compareceram ao local, na segunda (1º), para dar suporte. “O que aconteceu é lamentável, muito difícil. Mas vamos nos reerguer e voltar à ativa assim que possível”.

Continua após a publicidade

Nas redes sociais, há um aviso de que o La Grassa permanecerá de portas fechadas por tempo indeterminado.

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

Continua após a publicidade

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.