La Grassa (Desde 2010)

Tipos de Restaurantes: Italianos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Avenida Juriti, 32 - Moema - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 23879624
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00
sexta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00
sábado
12:00 - 17:00 - 19:00 - 00:00
domingo
12:00 - 17:00
Estabelecimento fechado
monetization_on

Faixa de preço

De R$91,00 a R$130,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Entrega em domicílio ((11) 40032665), Estacionamento/Valet (R$ 25,00) (1), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (88), Levar vinhos (permite) (R$ 25,00)

(1)R$ 10,00 (almoço, de segunda a sexta) R$ 25,00 nos demais horários.

Resenha por Arnaldo Lorençato e Helena Galante

Com uma árvore no centro do salão e grandes janelões voltados para a rua, essa trattoria em nada lembra o modelo improvisado das antigas cantinas. Seu cardápio traz receitas com uma pegada mais moderna e sugestões em porções individuais. Para concorrer com o balcão de antepastos (R$ 140,00 o quilo), há agora duas tábuas de petiscos (R$ 48,00 cada uma). Depois, o nhoque de espinafre ao ragu de cordeiro sai por R$ 53,00.

Preços checados em 18 de maio de 2016.

    MENU EXECUTIVO: o almoço executivo (39 reais) tem caprichadas opções que não se resumem a massas. Exemplos? O ossobuco na companhia de risoto de parmesão mais salada de salsão e o peixe do dia com salada mista de abóbora e feijão-branco ao pesto de agrião.

    Preços checados em 18 de maio de 2016.

    Comer e beber

    • 2014 - Indicado

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber .

      Com uma árvore no centro do salão e grandes janelões voltados para a rua, essa trattoria em nada lembra o modelo improvisado das antigas cantinas. Seu cardápio traz receitas com uma pegada mais moderna e sugestões em porções individuais. Com massa verde colorida e perfumada por hortelã, o ravióli recheado de cordeiro amplifica seu sabor ao ser enriquecido pelo molho da própria carne, manteiga de ervas e cubos de legumes (R$ 47,00). Para concorrer com o balcão de antepastos (R$ 110,00 o quilo), há agora duas tábuas de petiscos (R$ 38,00 cada uma). Uma delas reúne o queijo paulista tropeiro, o fuminense reblochon, o pernambucano tubira (lembra um parmesão) e os mineiros Canastra Morro Grande e Campo Redondo. A outra reúne cinco embutidos desenvolvidos por pequenos produtores: as linguiças de lombo curado, butifarra cozida, chistorra fresca e curada mais o presunto cru. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber .

      É impossível não reparar no teto desta trattoria moderninha. Nele, estão pendurados cerca de 1 500 guardanapos de tecido cru. Nos fundos do salão fica a cozinha envidraçada, precedida por um atraente balcão de antepastos. Escolhe-se entre pedidas como as clássicas sardela, alichela e caponata, além de opções diferentonas, caso do figo fresco enrolado em presunto cru. Cada 100 gramas custam R$ 11,00. Entre as massas de produção própria, o tagliolini de farinha integral vem combinado a uma saborosa mistura de abobrinha, berinjela, tomate assado, rúcula selvagem fresca, azeite extravirgem e queijo pecorino (R$ 35,00). A torta da nonna tem de cobertura uma espécie de pé de moleque de castanha-do-pará com leite condensado (R$ 14,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber .

      Tem aprimorado sua cozinha e se firmado como um dos expoentes da categoria. Para começar, vá ao bufê de antepastos oferecidos por quilo e aponte para o atendente as entradinhas de sua preferência. São boas escolhas a trufa de ricota, a bresaola e as abobrinhas grelhadas regadas a azeite. Atraente, o tagliatelle negro de tinta de lula leva camarão, bacalhau, lula, tomate, manjericão e vinho branco. De sobremesa, panacota de queijo mascarpone na calda de goiaba. Pouco extensa, a carta de vinhos traz rótulos simples, como o italiano tinto Piceno Saladini Pilastri 2010.

      Veja SP

    • 2011 - Indicado

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber .

      Investe nos antepastos feitos lá mesmo e expostos num balcão envidraçado. Há pedidas como linguiça calabresa curada, alcachofra marinada e sardela. Pequeno e certeiro, o cardápio contempla tagliolini à carbonara, pappardelle ao ragu de ossobuco e ravióli de abóbora na manteiga com sálvia e avelã torrada. Há ainda outro ravióli, recheado de queijo taleggio e raspas de limão-siciliano. Clássicos da confeitaria italiana, o tiramisu e a pastiera di grano encerram a refeição. Aberta no fim do ano passado, vem demonstrando qualidade que lhe assegurou uma indicação do júri de VEJA SÃO PAULO.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s