Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Zeca Camargo é condenado a indenizar pai de Cristiano Araújo

O cantor morreu em um acidente de carro em junho de 2015

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 jan 2018, 10h33 - Publicado em 24 jan 2018, 10h30

O apresentador e jornalista Zeca Camargo foi condenado a pagar indenização por danos morais de 60 000 reais ao pai do cantor Cristiano Araújo, morto em acidente de carro em junho de 2015, e à empresa que administrava a carreira do sertanejo.

A decisão da juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cível e Ambiental de Goiânia, diz que o montante deverá ser dividido entre a CA Produções Artísticas Ltda e o pai do cantor, João Reis de Araújo.

  • Ao F5, portal do jornal Folha de São Paulo, Camargo disse que vai recorrer. “Embora nunca tenha ofendido nem ao cantor nem a ninguém da sua família (e muito menos seus fãs) numa crônica mal interpretada que comentava não sobre a qualidade da uma manifestação artística, mas sobre a repercussão do acontecido na mídia, e apesar de ter pedido desculpas publicamente à época, tomei conhecimento hoje do teor da sentença e vou recorrer”.

    A ação foi movida contra o jornalista por ele ter elaborado e narrado uma crônica que causou revolta aos familiares. Segundo o processo, ele “debochou” da comoção causada pela morte do músico “em uma crônica cruel, infundada, insensível e preconceituosa”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade