Clique e assine por apenas 6,90/mês

Além de Zavascki, mais duas pessoas morreram em acidente

Corpos ainda estão na água, presos nas ferragens

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 19 jan 2017, 19h12 - Publicado em 19 jan 2017, 18h12

Ao menos três pessoas morreram na queda do avião do Paraty nesta quinta (19). O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Albino Zavascki estava na lista de passageiros e aparece entre os mortos, de acordo com seu filho, Francisco Prehn. Não se sabe ainda a identidade das outras vítimas.

Segundo o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, os responsáveis pelo resgate encontraram dois corpos presos nas ferragens e uma pessoa ainda com vida, que não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com a Infraero, havia quatro pessoas a bordo. Não foram divulgadas mais informações desse quarto passageiro.

Equipes de mergulhadores foram mandadas ao local, porém chove muito (assim como no momento do acidente), o que atrapalha a ação dos profissionais. Os escombros do avião estão amarrados em um barco de pesca para não afundarem. Os corpos seguem ali pois sua retirada é complicada.

De acordo com um morador da região que presenciou o acidente, uma moça na parte de trás da aeronave chegou a pedir ajuda, batendo no vidro, porém veio a falecer.

aviao
Continua após a publicidade
Publicidade