Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Viúva de MC Kevin publica vídeo um mês após a morte do cantor

"A pior dor é a da saudade", disse Deolane Bezerra; funkeiro morreu aos 23 anos ao cair da sacada de um hotel

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 16 jun 2021, 09h41 - Publicado em 16 jun 2021, 09h38

Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, publicou uma mensagem e um vídeo nas redes sociais na última terça-feira (15) e falou sobre a saudade que sente do marido. Hoje a morte do cantor completa um mês.

MC Kevin morreu ao cair da sacada do quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro, onde estava hospedado. Ele tinha 23 anos. O laudo da perícia da Polícia Técnico-Científica do Rio aponta que a queda foi acidental.

Durante as filmagens compartilhadas por Deolane, o casal troca mensagens de afeto. “Vou te apresentar para minha mãe”, diz Deolane. “Sua mãe vai me amar, meu: ‘Menina, o que você arrumou?'”, brinca Kevin. “Mano, o que leva uma pessoa a tatuar a própria cara?”, pergunta a advogada. “Aposentadoria”, responde o funkeiro. “Você já imaginou você velho? Mano você vai ser um velho com a cara toda tatuada”, brinca Deolane.

MC Kevin e Deolane
MC Kevin e Deolane Reprodução/Instagram/Veja SP
MC Kevin e Deolane
MC Kevin e Deolane Reprodução/Instagram/Veja SP

Em outra postagem, a advogada lamenta a morte de Kevin. “Um mês sem você. Onde estiver quero que saiba que minha vida não é mais a mesma. A pior dor é a da saudade, sentir saudades de quem não vamos ver mais é uma das piores dores existentes no mundo. Continuo orando por você, por nós”, escreveu Deolane.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade