Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Publicitário político Duda Mendonça morre aos 77 anos em SP

Famoso pela campanha de Lula à presidência em 2002, Duda estava internado desde junho para tratamento de câncer; ele contraiu Covid e precisou ser intubado

Por Redação VEJA São Paulo 16 ago 2021, 14h35

O publicitário Duda Mendonça morreu nesta segunda-feira (16), aos 77 anos, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde junho para tratar um câncer no cérebro. Durante o tratamento, ele foi diagnosticado com Covid-19 e precisou ser intubado.

Ex-marqueteiro do Partido dos Trabalhadores (PT), Duda Mendonça foi um dos principais nomes do marketing político brasileiro. Ele se tornou conhecido nacionalmente por ter sido o publicitário da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, em 2002.

Além de Lula, ele também participou de campanhas de outros políticos, como do Paulo Maluf (PP), em São Paulo; de Miguel Arraes, em Pernambuco; do Ciro Gomes (PDT), no Ceará, e do ex-primeiro-ministro de Portugal, Pedro Santana Lopes.

Em 2005, Duda foi envolvido no escândalo do mensalão, mas acabou absolvido em 2012 pelo STF. Em 2016, começou a ser investigado pela Operação Lava Jato e em 2017 assinou acordo de delação premiada.

Segundo a família, o corpo do publicitário será cremado.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Continua após a publicidade

Publicidade