Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Psicóloga ensina pacientes a fazer pães em sessões de terapia

Objetivo é fazer com que as pessoas tracem paralelos entre a sua vida e os processos de fabricação do alimento

Por Ricardo Chapola 4 jul 2019, 15h36

Uma psicóloga de 42 anos desenvolveu uma metodologia um tanto quanto inusitada de trabalho para atender seus pacientes em São Paulo, cidade onde mora e atua há dezoito anos. Decidiu, literalmente, colocar a mão da massa. Tratou, então, de pegar um rolo, farinha, fermento e começou a ensinar a fazer a pão durante as sessões.

Nivia Golçalves Massuti teve a ideia em outubro de 2016, enquanto preparava um pão semi-integral com ervas frescas para seu filho, Guilherme, fanático pelo alimento desde bebê. “Meu filho via a gente comendo pão e ficava enlouquecido. Desenvolvi essa receita especialmente para ele. Quando estava fazendo, tive o insight para criar o projeto”, conta.

Desde então, Nivia oferece sessões, digamos, saborosas de terapia em um espaço no bairro de Sumaré, na Zona Oeste. Lá, ensina seus pacientes a pensar sobre a vida a partir dos processos de preparação da receita. “Isso ajuda a pessoa a lidar com seu tempo interno, de conseguir esperar pelas coisas, assim como é preciso aguardar o pão crescer, assar”, explica. “Deve-se saber respeitar o tempo para atravessar processos de crise, por exemplo.”

As pitadas de terapia entram entre um passo e outro na fabricação do pão. “Vou construindo reflexões, traçando paralelos com a história do pão. Nos momentos em que precisamos esperar ele crescer, ou assar, sentamos e trocamos ideias”, diz. “Vou perguntando sobre os ingredientes que chamam a atenção, sobre o tempo. E quem quiser compartilhar sua história, compartilha. Depois a gente come e tem mais uma etapa de conversa.”

Para cada sessão, que ocorre duas vezes por mês e custa na faixa dos 70 reais, Nivia escolhe uma receita diferente. Quem já participou voltou para casa com a cabeça mais fria e sabendo preparar tipos diferentes de pães, como de cebolinha, abóbora cabotiá e chocolate.

A próxima oficina ministrada por Nivia está prevista para acontecer nesta sexta (5), às 17h, na Rua Antônio Alves Magan, 32, Sumaré. As inscrições podem ser feitas por esse site. A edição será destinada especialmente ao público infantil.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês