Clique e assine por apenas 5,90/mês

Após dia mais quente do ano no domingo, SP pode ter novo recorde de calor na semana

A terça-feira deve ser mais fresca, mas as temperaturas voltam a subir

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 28 set 2020, 09h16 - Publicado em 27 set 2020, 18h40

A capital paulista teve temperaturas elevadas durante o final de semana. Segundo o Instituto Climatempo, uma intensa onda de calor atua em várias áreas do Brasil e o clima esquentou na cidade.

Neste domingo (27) o município atingiu sua maior temperatura do ano até agora. A máxima, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, chegou aos 34,9ºC, na medição da estação do Mirante de Santana. O último recorde era o do dia 12 de setembro, de 34,1ºC. 

O índice de umidade relativa do ar foi baixo, de 15%, o que indica que os paulistanos precisam redobrar o cuidado e beber muita água nos próximos dias.

O calor deve continuar ao longo da semana. A próxima sexta-feira, dia 2 de outubro, tem máxima prevista de até 37ºC.  O início de outubro também deve ser bem quente, os dias 5 e 7 do próximo mês devem contar com termômetros elevados. Confira a previsão do tempo para a próxima semana segundo o Instituto Climatempo:

Segunda-feira (28)

Sol com aumento de nuvens ao longo do dia. Pancadas de chuva à noite. Temperatura máxima de 35ºC e mínima de 19ºC.

Terça-feira (29)

Sol com nuvens durante o dia, períodos de tempo nublado. Máxima de 24ºC e mínima de 18ºC.

Continua após a publicidade

Quarta-feira (30)

Presença de sol com nuvens, sem chuva. Temperatura máxima de 35ºC e mínima de 17ºC.

Quinta-feira (1º)

Sem previsão de chuva. Sol durante todo o dia. Máxima de 36ºC e mínima de 20ºC.

Sexta-feira (2)

Temperatura máxima de 37ºC e mínima de 19ºC. Sol com nuvens, sem chuva.

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade