Clique e assine por apenas 6,90/mês

Fundo de prédio da prefeitura de São Paulo vira galinheiro

Um galo e duas galinhas passam o dia ciscando em parte do terreno onde fica a sede da Diretoria Regional de Educação na Zona Norte da capital

Por Alice Padilha, Ricardo Chapola - Atualizado em 14 fev 2020, 15h57 - Publicado em 25 set 2019, 17h03

Parte do prédio da Diretoria Regional de Educação (DRE) da Freguesia do Ó e Brasilândia, na Zona Norte da capital, ganhou uma utilidade um tanto quanto inusitada: a de galinheiro.

Nos fundos do edifício do órgão vinculado à Secretaria Municipal de Educação, localizado na rua Léo Ribeiro de Moraes, nº 66, um galo e duas galinhas passam o tempo ciscando em um espaço repleto de lixo, estrados de madeira e cadeiras velhas descartadas por lá há pelo menos três meses. A reportagem já se deparou também com a área tomada por mato alto.

A cena meio urbana, meio bucólica se concebe diariamente logo atrás de uma guarita de vigilância da diretoria, ao lado de um dos portões de acesso do prédio, na esquina com a rua da Balsa. A presença dos animais no terreno também atrai a curiosidade da vizinhança. Não é raro ver pedestres parando por ali para brincar com as aves e tirar fotos.

[wpvideo Bg6JEQ0d]

Além da diretoria da Freguesia do Ó/Brasilândia, São Paulo conta com outras 12 DREs espalhadas pela cidade. Esses órgãos administram a área de educação nas regiões onde estão, funcionando como uma espécie de braço da Secretaria de Educação. Cabem aos DREs, por exemplo, gerir recursos e supervisionar o ensino das escolas que estão em seu raio de atuação.

Em nota, a pasta esclareceu que, assim que soube da existência das galinhas no local, pediu para que ONG retirasse as aves do prédio. “A Diretoria Regional de Educação da Freguesia/Brasilândia esclarece que, assim que tomou conhecimento das aves no estacionamento, acionou a ONG ‘Instituto eu sou o bico’ para o encaminhamento correto dos animais”, diz o texto. A secretaria informou também que o terreno da diretoria regional recebe manutenção frequente, como poda das árvores e retirada do mato do espaço.

 

Continua após a publicidade
Publicidade