Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Igreja no Glicério tem biblioteca temática sobre imigração

Paróquia Nossa Senhora da Paz é a sede da Missão Paz, que recebe estrangeiros e refugiados que chegam à capital

Por Mariana Gonzalez Atualizado em 30 nov 2017, 18h26 - Publicado em 1 nov 2017, 06h00

Desde a década de 70, a Paróquia Nossa Senhora da Paz, no Glicério, é a sede da Missão Paz, instituição pastoral conhecida por abrigar estrangeiros e refugiados que chegam à capital. Poucos sabem, no entanto, que o subsolo do prédio conta com uma biblioteca especializada em livros sobre imigração.

Em menos de 100 metros quadrados estão reunidos 8 730 volumes, consultados por cerca de 1 000 visitantes por ano, oriundos de diversos países. O acervo faz parte da Federação dos Centros de Estudos Migratórios Scalabrinos. Confira os títulos mais procurados por lá:

Errantes do Fim do Século, de Maria Aparecida de Moraes Silva. Editora Unesp, 376 páginas. O livro traz narrativas de boias-frias para explicar as condições dos trabalhadores rurais.

Virgem/Mãe/Terra — Festas e Tradições Bolivianas na Metrópole, de Sidney Antonio da Silva. Editora Hucitec, 263 páginas. O autor estuda as expressões e a influência boliviana na cidade.

Imigração Haitiana no Brasil, organizado por Rosana Baeninger. Editora Paco, 685 páginas. A obra reúne pesquisas para explicar o fluxo de haitianos que começaram a chegar ao Brasil a partir de 2010.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade