Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Nível do Cantareira volta a subir

Após oito dias de estabilidade, volume do sistema registra aumento. No entanto, situação ainda é crítica

Por Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 12h34 - Publicado em 20 abr 2015, 17h40

Nesta segunda-feira (20), após oito dias de estabilidade, o nível do Sistema Cantareira voltou a subir, de acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). No entanto, a situação ainda é considerada crítica. Em abril, a chuva registrada é de 37,3 mm, o equivalente a 41,5% do esperado para o mês.  

+ Sabesp deverá divulgar volume negativo do Cantareira

O sistema se manteve estável durante o período. Se considerado outro método de cálculo utilizado pela Sabesp: na média, está em 15,5%, se levados em conta os 287,5 bilhões de litros do volume morto na capacidade total do sistema, e em -9,3%, considerando o que ainda falta recuperar do volume morto já usado.

Também nesta segunda, o sistema Alto Tietê registrou alta. Enquanto isso, o Guarapiranga e o Rio Claro tiveram queda, assim como o Alto Cotia e o Rio Grande.

Alteração no abastecimento

Na semana passada, a Sabesp anunciou que uma nova adutora permitirá que o Sistema Rio Grande abasteça alguns bairros da Zona Sul de São Paulo. Com 2,1 km de extensão, ela vai levar água a bairros da região de Pedreira, como Balneário São Francisco, Cidade Júlia, Eldorado, Jardim Apurá, Jardim Guacuri, Jardim Rubilene e Jardim Selma.

+ Shopping Cidade São Paulo será inaugurado nesta quinta (23)

Será um investimento de 7,6 milhões de reais, de acordo com a estatal. A obra pretende aliviar o Sistema Cantareira. Com o abastecimento de 250 000 pessoas na Zona Sul pelo Rio Grande, a expectativa é gerar uma “sobra” no sistema Guarapiranga, que atendia essas áreas anteriormente.

Com isso, o Guarapiranga pode passar a abastecer áreas que recebem água do Cantareira. O número de pessoas atendidas pelo Sistema Cantareira, que já foi de 9 milhões na Grande São Paulo, agora é de 5,4 milhões.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)