Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Baterista do Rolling Stones, Charlie Watts morre aos 80 anos

Ele estava internado em um hospital de Londres

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 ago 2021, 14h11 - Publicado em 24 ago 2021, 14h07

O músico Charlie Watts morreu nesta terça-feira (24). Baterista da banda de rock Rolling Stones, ele tinha 80 anos de idade. A informação foi divulgada na imprensa britânica pelo agente do artista, Bernard Doherty. Ele estava internado em um hospital em Londres, Inglaterra.

“Charlie era um querido marido, pai e avô. Pedimos gentilmente que a privacidade de sua família, dos membros da banda e dos amigos seja respeitada neste momento”, disse Doherty. Ele era um dos membros mais antigos do conjunto e atuava como baterista desde 1963. Em 2004, passou por um tratamento de câncer na garganta.

Os Stones devem sair em uma nova turnê no dia 26 de setembro e, após Watts realizar um procedimento cirúrgico recentemente, cujos detalhes não foram revelados, Charlie anunciou que escolheu um substituto para a bateria da banda. Seria a primeira vez desde 1963 que ele não iria participar de uma turnê dos Stones.

View this post on Instagram

A post shared by The Rolling Stones (@therollingstones)

  • Continua após a publicidade
    Publicidade