Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Lote de vacina contra H1N1 dura uma hora em clínicas de São Paulo

Lista de espera ganhou 770 nomes em dois dias em uma unidade no Brooklin

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 27 dez 2016, 19h02 - Publicado em 1 abr 2016, 11h44

Foram necessários apenas sessenta minutos para que um lote de 150 vacinas contra a gripe se esgotasse em uma clínica do Ibirapuera, na Zona Sul paulistana, na quarta-feira (30). Em uma unidade dos Jardins, também na Zona Sul, a remessa com centenas de doses acabou em duas horas. Com o surto antecipado do vírus H1N1 no Estado de São Paulo, clínicas de vacinação da capital não estão dando conta da demanda pela imunização. O produto está em falta em dezenas de estabelecimentos e alguns deles já fazem lista de espera de interessados no produto. Em uma unidade no Brooklin, Zona Sul, a lista ganhou 770 nomes em dois dias.

 + Há risco de uma nova epidemia de H1N1?

“Ligamos para uma clínica para saber se um novo lote havia chegado e eles disseram que sim. Quando fomos no dia seguinte nos vacinar, já tinha acabado. E tínhamos procurado a vacina em outros dois lugares”, comentou a administradora de empresas Cibeli Passarinho de Assis, de 45 anos, que faz tratamento para engravidar e busca proteção contra o vírus.

“A gente ficou com medo. Dizem que essa gripe pode matar em três dias”, afirma ela, que buscou a imunização com o marido. Após procurar, sem sucesso, três clínicas em busca da vacina, o casal encontrou o produto disponível em um estabelecimento da Bela Vista, na região central da capital, mas pelo dobro do preço dos outros estabelecimentos. “Desistimos de tomar. Nos outros locais, a vacina quadrivalente estava 120 reais e, aqui, custa 230 reais”, diz.

Mesmo sem fazer parte de nenhum grupo de risco para a doença, o administrador Peter Walsh, de 52 anos, também tentou vacinar-se ontem em uma clínica dos Jardins, mas não encontrou o produto. “Todo ano me vacino e nunca vi esse caos. Só que agora a gente está mais preocupado. Tenho uma amiga de 38 anos que morreu dessa doença”, diz ele.

+ Xô gripe: um cardápio que reforça a imunidade contra a H1N1

Congestionadas

Continua após a publicidade

A reportagem entrou em contato com 21 clínicas de vacinação em São Paulo na quarta (30). A maioria estava com os telefones ocupados por pelo menos quatro horas durante a tarde. Só cinco atenderam.

O único com vacinas disponíveis foi um estabelecimento no Brooklin. Os atendentes relataram que as filas estão grandes desde o início da manhã até o fim da tarde. Anteontem, o estoque acabou e a clínica passou a colocar os pacientes na lista de espera, que chegou a 770 nomes. No fim do dia, uma remessa com 1 000 doses foi entregue. A expectativa é de que o novo lote se esgote hoje.

Uma clínica no Jabaquara, na Zona Sul, informou que a vacina acabou, mas que uma nova remessa deverá chegar na próxima quarta (6). Foi relatado que as filas estão se acumulando e a quantidade de pessoas na lista é tão grande que a inclusão de novos nomes foi suspensa.

Na Mooca, na Zona Leste, uma clínica relatou que não há mais vacina disponível e receberá o próximo lote apenas no dia 11 de abril. Quando o estoque esgotou, cerca de cem pessoas já foram incluídas em uma lista de espera.

No Morumbi, na Zona Sul, uma clínica informou que a vacina está esgotada. Mas é possível que uma remessa chegue na próxima semana. A clínica estava marcando horário para a vacinação, mas a entrega dos lotes começou a atrasar e os agendamentos foram suspensos.

+ Surto de gripe H1N1 esgota vacinas em clínicas particulares

+ Polícia Federal deflagra 27ª fase da operação Lava-Jato

+ ‘Não vou deixar que um maluco impeça meu trabalho’ diz juíza

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês