Clique e assine por apenas 6,90/mês

Latam paralisa voos entre São Paulo e Milão

Medida veio após surto do novo coronavírus na Itália

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 2 Mar 2020, 17h31 - Publicado em 2 Mar 2020, 17h26

A Latam Airlines informou nesta segunda-feira (2) que irá paralisar temporariamente as operações da companhia aérea entre a cidade de São Paulo e Milão. A medida passa a valer hoje e segue, por hora, até 16 de abril. A ação vem após a propagação do novo coronavírus, o Covid-19, e, segundo a empresa, a “baixa demanda para a Itália”.

“Atualmente a companhia opera sete frequências semanais para este destino”, afirma comunicado da Latam. O retorno de Milão para o Aeroporto de Guarulhos, no entanto, será suspenso a partir de terça (3). “A decisão é baseada, em primeiro, lugar, na propagação do vírus na Itália. A companhia é consciente do problema e espera que a situação se normalize o mais brevemente possível pelo bem-estar e saúde de todos os seus passageiros e tripulantes”, disse Jerome Cadier, Ceo da Latam no Brasil.

Segundo a empresa, a companhia entrou em contato com os clientes afetados para comunicar a decisão. Quem tinha passagens indo ou voltando de Milão poderá, gratuitamente, pedir a remarcação do voo ou o reembolso. Também poderão alterar a origem ou o destino, sem taxa, mas sujeitos a diferença de tarifa.

Quem está em Milão e voltaria para o Brasil poderá regressar ao país “por meio de voos da Latam ou de companhia aéreas parceiras que operam esta rota”. O número de contato para alterações no Brasil é 0300 5705700. Quem está na Europa deve procurar o site da companhia aérea para fazer a solicitação.

Continua após a publicidade

 

Publicidade