Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Informações sobre segundo caso de coronavírus no Brasil são divulgadas

De acordo com nota do Ministério da Saúde, o diagnóstico não indica que o vírus esteja circulando no país, já que paciente visitou a Itália

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 29 fev 2020, 19h52 - Publicado em 29 fev 2020, 19h50

Em nota divulgada na noite deste sábado (29), o Ministério da Saúde deu mais detalhes sobre o segundo paciente diagnosticado com o coronavírus no Brasil. Trata-se de um homem, que mora em São Paulo e tem 32 anos. Ele chegou da Itália na quinta (27), em um voo que saiu da cidade de Milão, que fica na região norte do país.

Na chegada à capital paulistana, ele começou a sentir os sintomas da doença. Durante todo voo de volta ele usou máscara. Na sexta (28), ele foi atendido no hospital Israelita Albert Einstein. Relatou à equipe médica febre, tosse, dor de garganta, dor muscular e de cabeça.

A equipe do Albert Einstein recomendou isolamento domiciliar do paciente, devido ao quadro estável em que ele se encontrava. Ele foi submetido a um exame para detecção do vírus. O resultado saiu hoje. “O ministério considerou como final o teste realizado pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE), o exame específico para SARS-CoV2 (RT-PCR, pelo protocolo Charité), conforme preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS)”, diz o comunicado.

Os próximos passos do caso devem ser a localização de pessoas próximas ao paciente durante o voo. O homem, de acordo com orientações médicas, segue em isolamento domiciliar. Ainda de acordo com o ministério a identificação de mais um caso no país, não significa que o vírus esteja circulando pelo território, já que se trata de dois pacientes que visitaram a Itália.

Continua após a publicidade
Publicidade