Clique e assine por apenas 6,90/mês

Itaim Bibi deve ganhar shopping de luxo e novas torres de escritório

Os novos empreendimentos serão erguidos na Rua Leopoldo Couto de Magalhães e arredores

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 18 Feb 2020, 18h20 - Publicado em 18 Feb 2020, 17h16

O bairro Itaim Bibi, no entorno da Rua Leopoldo Couto de Magalhães, deve ganhar uma série de novidades imobiliárias nos próximos anos, de acordo com o site Brazil Journal. Ainda sem data para começar, um shopping de luxo deve ser erguido na Leopoldo. O empreendimento da JHSF terá 12 800 metros quadrados e deve ocupar três terrenos adquiridos pela incorporadora. Perto dali, no cruzamento da via com a Rua Professor Atílio Innocenti, está prevista a construção de uma torre de escritórios.

Com previsão de entrega para o primeiro semestre deste ano, outra novidade é o prédio de escritórios B32, que ficará na Avenida Brigadeiro Faria Lima, em um terreno de 13 500 metros quadrados. O projeto se arrasta há 10 anos e a obra é avaliada em 1 bilhão de reais. O local terá uma torre corporativa de 125 metros de altura, um teatro e uma praça. Segundo o site, o Facebook deve ser o primeiro locatário do edifício.

Entre as outras novidades imobiliárias do coração financeiro da capital, de acordo com o Brazil Journal, está um projeto multiuso próximo ao cruzamento da Leopoldo com a Rua Luís Dias. O projeto prevê torres corporativas, além de prédio residencial, lojas e restaurantes.

Outro empreendimento de 40 000 metros quadrados, com lojas, apartamentos, além de escritórios e um hotel, deve surgir próximo à Avenida Juscelino Kubitschek, na região das ruas Tenente Negrão e Joaquim Floriano.

Publicidade