Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Hotel fazenda é multado em 500 mil por funcionar em terra indígena em SP

Ação foi liderada pelo Ibama

Por Redação VEJA São Paulo 23 nov 2021, 19h41

O Ibama multou um hotel fazenda que funcionava de forma irregular em Peruíbe, no litoral paulista. O local foi autuado em mais de 500 000 reais por funcionar na área da Terra Indígena Piaçaguera.

O local, o Rancho Pesqueiro Arco-Íris, foi alvo de uma ação de autuação e interdição por parte do órgão fiscalizados. Animais silvestres também foram encontrados em cativeiro no endereço. Por lá foram apreendidas duas cobras pítons, um papagaio e cinco araras.

+ Polícia prende suspeito de estuprar adolescente em condomínio da Praia Grande

A Terra Indígena Piaçaguera foi oficializada pela presidente Dilma Rousseff em 2016. No local vivem cerca de 300 índios tupi-guarani. “O hotel foi fechado, embargado, e as equipes retiraram todos os animais silvestres e exóticos. A operação foi solicitada pelo Ministério Público, então houve um esforço conjunto para cumprir”, afirmou a chefe do Ibama em Santos, Ana Angélica Alabarce.

Continua após a publicidade

Publicidade