Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Polícia prende suspeito de estuprar adolescente em condomínio de SP

Imagens de câmeras de segurança flagraram o episódio em piscina de prédio

Por Redação VEJA São Paulo 22 nov 2021, 16h24

A Polícia Civil prendeu um homem de 50 anos de idade suspeito de estuprar uma adolescente de 13 anos. A prisão ocorreu na última sexta-feira (19), na capital paulista. O crime ocorreu na cidade de Praia Grande, na Baixada Santista.

A investigação aponta que o suspeito estava passeando na cidade e ficou hospedado em um condomínio onde a vítima mora. O crime ocorreu na piscina, no dia 14 de novembro. A adolescente estava na água com uma amiga, quando chegaram dois homens ao local.

O suspeito se aproximou da adolescente, dentro da água, e passou a mão na região das coxas e das nádegas da menina. Depois, fugiu. Identificado por meio das câmeras de segurança, ele foi detido na Zona Leste da capital paulista, em Itaquera, onde mora, por agentes da Delegacia de Defesa da Mulher de Praia Grande.

Para a polícia, o homem alega que não tinha a intenção de tocar na adolescente. Ele responderá pelo crime de estupro de vulnerável.

Continua após a publicidade

Publicidade