Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Homem mata mulher e esconde o corpo em galeria subterrânea

Crime, segundo a Polícia Civil, ocorreu por ciúmes

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 6 dez 2021, 14h28 - Publicado em 6 dez 2021, 14h19

Um mulher de 31 anos de idade foi morta por um homem com quem saia esporadicamente na cidade de Leme, no interior de São Paulo. Bruna Benedito estava desaparecida desde o dia 20 de novembro após participar de um encontro com Marcelo Aparecido dos Santos.

+ PMs são agredidos em confronto com frequentadores de baile funk em SP

Ela foi encontrada na última quarta-feira (1º) em uma galeria pluvial de um bairro em construção na zona rural de Leme. O corpo estava em avançado estado de decomposição, em um bueiro com cerca de dois metros de profundidade.

Marcelo confessou o crime e foi preso, acusado dos crimes de feminicídio qualificado e ocultação de cadáver. Eles saiam há alguns meses e não tinham um relacionamento sério. O crime, segundo a polícia, ocorreu por ciúmes do homem.

Continua após a publicidade

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade