Clique e assine por apenas 6,90/mês

Homem é agredido na saída de casa noturna e está internado em estado grave

Seis homens espancaram o jovem 22 anos, após confusão em clube

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 fev 2020, 15h57 - Publicado em 25 set 2019, 13h01

O jovem Roger Passebom Junior, de 22 anos, foi agredido às 5h30 desta domingo (22), por um grupo de seis pessoas. O caso ocorreu na saída de uma casa noturna no centro de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Um amigo da vítima compareceu ao 1º DP da cidade na segunda-feira (23) e informou que estava com Passebom no local quando ambos se desentenderam com outros homens que frequentavam o espaço.

Segundo informa a Secretaria de Segurança Pública (SSP), após a discussão dentro do estabelecimento, as vítimas foram surpreendidas pelos autores quando seguiam para o carro. Ambos foram agredidos e Passebom ficou em estado grave. Ele acabou socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao Pronto Socorro Central e posteriormente transferido ao Hospital Municipal de Clínicas, onde permanece internado.

Em nota, a Prefeitura de São Bernardo, por meio da secretaria de Saúde, “informa que o paciente realizou tomografia de controle na noite desta terça-feira (24), que apontou drenagem completa do hematoma causado pela agressão, porém com alterações. O paciente segue na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Municipal de Clínicas (HC), em estado grave, sedado, entubado e fazendo uso de medicamentos vasoativos”.

Três homens se apresentaram à polícia e prestaram depoimento. Eles foram liberados em seguida. A família do rapaz agredido acredita que o crime foi motivado por homofobia.

Continua após a publicidade
Publicidade