Continua após publicidade

Amiga denuncia agressão a influenciadora digital em restaurante paulistano

Ela teria sido importunada por um cliente e, depois de recusas, levado um soco na cabeça

Por Redação VEJA São Paulo
Atualizado em 26 set 2019, 13h49 - Publicado em 25 set 2019, 12h06

A influenciadora digital Helô Gomes teria sido agredida em um restaurante na Zona Oeste de São Paulo. De acordo com uma colega, o caso aconteceu no último dia 14, mas só foi tornado público na noite desta terça-feira (24). Em um relato publicado por uma amiga da blogueira, Juliana Ali, o momento da agressão é reconstituído.

Helô teria ido ao restaurante japonês Ummi, no Itaim, se encontrar com amigos. Um homem, que estava sentado em outra mesa, acenou e, na dúvida, a mulher teria ido até ele. Ao se aproximar, este desconhecido disse a Helô, em tom de deboche, algo como: ‘Garçonete, quero um drinque assim e assado, bem caprichado, hein??’. Estava, sem sombra de dúvidas, visivelmente muito alterado por álcool e/ou drogas. Minha amiga apenas respondeu: ‘Não trabalho aqui’. E seguiu para a mesa onde seus amigos já a esperavam“, diz o texto.

Depois da recusa, o rapaz teria se levantado e ido até a mesa da jovem. Começou a passar a mão nas costas dela, encostar a boca em seu ouvido e dizer frases: ‘Você achou ruim que te confundi com a garçonete? Por quê? Você acha que toda garçonete é puta? Você é puta? Você é PUTA? VOCÊ É PUTA?’. Todo o tempo tocando nela e encostando seu rosto no dela. Helô apenas disse: ‘Não encoste em mim. Não encoste em mim.’ Helô chegou a mudar de mesa, mas não adiantou: ele voltou“, continua.

De acordo com o texto, o homem teria, então, se tornado ainda mais agressivo. “Em dado momento desse desconforto, Heloísa chegou a pedir ajuda aos outros ocupantes de sua mesa, que disseram coisas como ‘sai pra lá, amigo, deixa ela’, mas nada mudou. Ele continuou ‘VOCÊ É PUTA?’. Tocando. Passando a mão. Até que finalmente Heloísa disse: ‘Se você continuar, vou jogar minha bebida na sua cara’. Ele continuou. Ela jogou. E então ELE DEU UM SOCO NA CABEÇA DA HELOÍSA. ELA CAIU PARA O LADO. De repente, um soco. A primeira coisa que Helô fez, em meio à dor, ao susto e ao constrangimento, foi perguntar ao rapaz que estava sentado ao seu lado: ‘Como é o nome desse homem???’. A resposta? ‘Não vou entregar meu amigo.'”

Continua após a publicidade

O texto diz ainda que o rapaz teria ido embora do restaurante após agredir a mulher e que o dono do estabelecimento, Murched Omar Taha Filho, presente no local, se negou a entregar as imagens das câmeras de segurança. O caso acabou registrado no 2º DP de Defesa da Mulher, na Vila Clementino, e o vídeo foi conseguido posteriormente por meio de intimação judicial.

Depois da agressão, segundo o relato, Helô precisou “fazer uma tomografia e ficar internada. Segue em observação sob cuidados médicos, ainda tem risco de hemorragia interna e recebeu o diagnóstico de estresse pós traumático. Tem tido crises de ansiedade e está medicada o tempo todo.”

Até o fechamento dessa nota, a reportagem da Vejinha não conseguiu contato com Murched Omar Taha Filho ou com o empresário que é acusado da agressão pela blogueira.

O restaurante Ummi Finest Sushi, em nota “lamenta o ocorrido entre os clientes, repudia todo e qualquer tipo de violência e ressalta que está colaborando com as investigações do caso”.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.