Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Governo de São Paulo anuncia expansão de ensino integral para 778 escolas

De acordo com a gestão estadual, ação começa a valer a partir de 2022 e beneficiará 118 cidades diferentes

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 13 jul 2021, 10h49 - Publicado em 12 jul 2021, 17h50

O governo de São Paulo anunciou que 778 escolas da rede pública estadual de ensino serão incluídas no Programa de Ensino Integral, o PEI, em 2022. Presentes em 118 cidades diferentes, elas serão somadas com outras já presentes no programa e totalização 1 855 atendidas pela iniciativa. O governador João Doria falou sobre a expansão na tarde desta segunda-feira (12), em coletiva no Memorial da América Latina. 

Segundo a gestão estadual, o PEI passa a estar presente em 427 municípios paulistas diferentes, chegando à todas as regiões do estado. A expectativa é que mais de 380 mil estudantes, entre ensino fundamental e médio, possam se beneficiar da medida. O secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, comentou o crescimento.

LEIA TAMBÉM: SP retomará aulas presenciais em universidades e escolas técnicas em agosto

“Esse é o governo que fez o maior aumento das escolas de tempo integral. Saltamos para 1.077 escolas em tempo integral com menos de dois anos e no meio de uma pandemia porque acreditamos nesse modelo”, disse o secretário. 

O governo disse no anúncio que a ampliação é resultado direto da participação das 91 Diretorias de Ensino no processo de adesão de 2021. Segundo a gestão Doria, o número de PEIs passa a ser cinco vezes maior em relação à 2018. 

De acordo com o Plano Nacional de Educação, o PNE, a sexta meta, relacionada à Educação Integral, indica em seu segundo objetivo que até 2024 pelo menos 25% dos alunos da educação básica sejam atendidos em jornadas superiores a 7 horas. Com a confirmação da expansão anunciada hoje, o estado de São Paulo atinge o objetivo ainda em 2022 dentro da rede estadual de ensino. 

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Continua após a publicidade

Publicidade