Continua após publicidade

Deputada apresenta projeto para remover estátuas de escravocratas em SP

"É uma medida de reparação histórica, não de apagamento histórico", esclarece Erica Malunguinho

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 18h05 - Publicado em 25 jun 2020, 18h58

A deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL-SP) apresentou na última quarta-feira um projeto de lei para retirar das ruas monumentos que prestem homenagens a personagens que tenham relação com o período escravocrata no Brasil. A proposta foi elaborada em meio ao debate sobre a presença de estátuas de bandeirantes, como a de Borba Gato, na Avenida Santo Amaro.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

A ideia surgiu após o movimento contra a violência direcionada às pessoas negras, o Black Lives Matter, remover bustos de colonizadores e escravagistas nos EUA e no Reino Unido, onde manifestantes derrubaram a estátua de Edward Colston, negociante de escravos do século 17, e a jogaram em um lago. O estopim das manifestações ocorreu após a morte do americano negro George Floyd por um policial branco.

O projeto também propõe que prédios, locais públicos e rodovias estaduais cujos nomes sejam homenagens a escravocratas ou eventos históricos ligados ao escravismo sejam renomeados no prazo máximo de 12 meses a contar da data de publicação da lei.

Continua após a publicidade
(ALESP/Reprodução)

Acusada de querer apagar a história brasileira, Malunguinho se defendeu no Twitter: “É uma medida de reparação histórica, não de apagamento histórico. A previsão é que as obras sejam enviadas a lugares a que pertencem: os museus!”, disse.

A Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo afirmou que a questão deve ser “amplamente debatida com a sociedade” por meio de consultas públicas.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.