Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Datafolha: Covas lidera, Russomanno recua e empata com Boulos e França

O candidato do Republicanos apresentou crescimento na taxa de rejeição: de 29% para 47%

Por Redação Veja São Paulo 5 nov 2020, 18h52

O Datafolha disponibilizou nova pesquisa com as intenções de voto para a prefeitura de São Paulo nesta quinta-feira (5). Segundo o levantamento, o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), lidera entre os entrevistados, com 28%. Em seguida aparecem Celso Russomanno (Republicanos), 16%, Guilherme Boulos (PSOL), 14%, e  Márcio França (PSB) está em quarto, com 13%. Os três candidatos estão tecnicamente empatados. Confira a pesquisa completa:

Antônio Carlos Silva (PCO) e Vera Lúcia (PSTU) tiveram menos de 1%. A pesquisa foi realizada pelo instituto em parceria com a TV Globo e entrevistou 1 260 eleitores entre 3 e 4 de novembro. Na última pesquisa, Covas liderava com 23% das intenções de voto; seguido por Russomanno, 20% e Boulos, 14%.

O levantamento aponta que Russomanno teve um grande crescimento em sua taxa de rejeição, se comparado com o índice do último mês: de 29% para 47%. O candidato agora detém a maior taxa de rejeição, antes de Bruno Covas, que caiu de 31% para 25%. Confira as estatísticas:

  • Celso Russomanno: 47%
  • Joice Hasselmann: 30%
  • Bruno Covas: 25%
  • Jilmar Tatto: 23%
  • Guilherme Boulos: 22%
  • Levy Fidelix: 22%
  • Orlando Silva: 17%
  • Arthur do Val: 16%
  • Márcio França: 14%
  • Andrea Matarazzo: 13%
  • Vera Lúcia: 12%
  • Antônio Carlos: 10%
  • Marina Helou: 10%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 3%
  • Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
  • Não sabe/Não respondeu: 4%

O instituto também apurou o grau de decisão do voto. 57% dos eleitores estão decididos e 42% afirmam que ainda podem mudar. Veja o grau de decisão em relação a cada candidato:

  • Bruno Covas: 63% estão totalmente decididos; 37% ainda podem mudar o voto.
  • Celso Russomanno: 50% estão totalmente decididos; 49% ainda podem mudar o voto.
  • Guilherme Boulos: 78% estão totalmente decididos; 22% ainda podem mudar o voto.
  • Márcio França: 45% estão totalmente decididos; 54% ainda podem mudar o voto.
  • Jilmar Tatto: 63% estão totalmente decididos; 36% ainda podem mudar o voto.

Para os eleitores que declararam que poderiam mudar de ideia antes do primeiro turno, o Datafolha também perguntou que outro candidato teria mais chance de receber seu voto.

  • Bruno Covas: 20%
  • Márcio França: 18%
  • Celso Russomanno: 13%
  • Guilherme Boulos: 6%
  • Jilmar Tatto: 4%

 

Continua após a publicidade
Publicidade