Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Chamadas para PM e Bombeiros paulistas poderão ser feitas por aplicativos

Denúncia de pancadões, violência doméstica, perturbação de sossego, afogamento, incêndio e outras solicitações estarão disponíveis

Por Clayton Freitas Atualizado em 5 jan 2022, 18h14 - Publicado em 5 jan 2022, 18h13

O governo do estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (5) que todos alguns tipos de chamadas para o Corpo de Bombeiros e para a PM (Polícia Militar) poderão ser realizadas por intermédio de aplicativos de celular.

Por enquanto apenas o “Bombeiros Emergência 193” está disponível para download nas lojas para os sistemas Android e IOS.

+Chefe do comitê científico de Doria diz ser “impensável” Carnaval de rua

A apresentação feita no início da tarde desta quarta-feira durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes que contou com a presença do governador João Doria (PSDB) e várias autoridades do governo estadual. Durante a entrevista, em que foram anunciadas medidas no combate à pandemia do novo coronavírus, foi anunciado que o governo estadual já tem pronto um plano para vacinar 4,3 milhões de crianças de 5 anos a 11 anos contra a Covid, e médicos que dão suporte técnico a Doria disseram que a realização do Carnaval de rua não é uma boa ideia ante ao aumento do número de casos de gripe e Covid.

A apresentação dos aplicativos foi feita pelo secretário de Segurança Pública em exercício, Álvaro Batista Camilo. Ele não soube precisar quando o aplicativo “190 SP” estará disponível.

Tela aplicativo Corpo de Bombeiros
Tela aplicativo Corpo de Bombeiros Governo do Estado de São Paulo/Reprodução

Para usar o aplicativo do Corpo de Bombeiros, o “Bombeiros Emergência 193”, é necessário efetuar um cadastro fornecendo o nome completo, telefone e CPF. Só depois disso é possível acessar as funcionalidades do aplicativo.

É possível pedir socorro em seis tipos diferentes de emergências: afogamento; atropelamento; vítima de acidente de trânsito; parada cardiorrespiratória; engasgamento e incêndio. A tela também conta com um botão do 193, que será possível acessar para fazer outros tipos de chamados não listados.

Tela aplicativo Corpo de Bombeiros
Tela aplicativo Corpo de Bombeiros Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Continua após a publicidade

+Doria diz que plano prevê vacinar crianças de 5 a 11 anos em três semanas

A partir do registro, o aplicativo selecionará o local no mapa. É possível também inserir um ponto de referência para que os bombeiros consigam chegar mais rápido.

Assim como já ocorre em chamadas feitas pelo telefone, passar trote é crime. No caso do aplicativo, será ainda mais fácil identificar o responsável, já que o sistema possui o nome, telefone e CPF do responsável pela chamada.

“190 SP”

Com o aplicativo da PM, o coronel Camilo adiantou não ser mais necessário passar pela triagem do sistema 190. Após um cadastro, o próprio usuário poderá fazer o registro.

“O que é importante é que ele não precisa falar [usuário] e o mais importante ainda, ele não passará pelo sistema do 190, indo direto para o despachador despachar a viatura”, afirmou.

Quando entrar em operação, o aplicativo da PM só receberá seis tipos de chamadas: violência doméstica, perturbação de sossego, funcionamento sem autorização, alarme disparado, aglomeração, e ainda denúncias de bailes funk, pancadões e “esquentas”.

A ideia é que a cada atualização, novos chamados possam ser registrados. A previsão é a de que em fevereiro seja possível enviar até duas fotos, áudios e vídeos curtos, de até dez segundos, a respeito da denúncia.

+Avião da GOL faz pouso de emergência após falha em motor

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês