Continua após publicidade

Bebê nasce com três braços e metade do coração em Praia Grande

Equipe médica suspeita que o pequeno Cesar seja resultado de gêmeos siameses; pais criaram vaquinha para ajudar a custear cuidados

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 20h49 - Publicado em 2 fev 2021, 18h01

Um bebê surpreendeu os pais ao nascer: ele apresentava três braços, apenas metade do coração e outras deformações, como o lado direito do corpo diferente do esquerdo. O caso aconteceu em Praia Grande, litoral de São Paulo, e foi revelado em reportagem do G1.

Michelle Aparecida Pereira Fondos, de 38 anos, mãe do pequeno Cesar, relatou que tomou um susto quando ele nasceu, porque o exame pré-natal não acusou anormalidade.

Segundo ela, a principal suspeita da equipe médica é de que Cesinha, como é chamado, seja resultado de gêmeos siameses, e que o organismo de um tenha combatido o do outro. Um exame genético, que ainda será feito, confirmará se a hipótese está correta.

A mãe também disse que, durante os primeiros cinco meses de vida do filho, ele foi submetido a cinco cirurgias para correção de problemas na coluna, no coração e no diafragma, e que outras ainda estão por vir.

Passado o susto inicial e os cinco meses de internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Cesar está em casa com a família desde 20 de janeiro, mas ainda tem mais uma cirurgia no coração – será a quarta no órgão – agendada. Ela deve corrigir a Síndrome da Hipoplasia do Coração Esquerdo, que é quando um dos lados do coração não se desenvolve completamente.

Continua após a publicidade

Um acompanhamento médico será feito também para verificar a possibilidade de retirada do braço extra. Se for possível, os pais gostariam de fazer esse procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), entre os 6 meses e 1 ano de Cesinha.

Apesar de a família estar tentando conseguir os acompanhamentos, as cirurgias e os remédios de Cesar pela rede pública de saúde, os pais do pequeno abriram uma arrecadação online. O objetivo é ajuda para arcar com as despesas, tais como remédios, pomadas, soros, leites, vitaminas, seringas de insulina e fraldas.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.