Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Ex-amante mata atual amante de mulher casada após armar emboscada

Caso ocorreu no interior de São Paulo; homem confessou o crime

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 set 2021, 15h47 - Publicado em 24 set 2021, 15h16

A Polícia Civil prendeu um homem de 44 anos de idade suspeito de matar um jardineiro na cidade de Registro, no interior paulista. O assassinato, segundo a investigação, ocorreu motivado por ciúmes.

O suposto criminoso é ex-amante de uma mulher casada com quem o jardineiro também estava tendo um caso. De acordo com a polícia, depois de ser preso, o homem confessou o crime.

O caso ocorreu no dia 2 de setembro, durante a manhã, quando o jardineiro foi assassinado a tiros quando saia para trabalhar e morreu no local. Antes do crime, ele foi roubado depois de marcar um encontro com um perfil nas redes sociais que se identificava como “Jéssica”.

O perfil era controlado pelo suspeito de matar o jardineiro. Ele marcou o encontro para roubar o celular da vítima e confirmar que ela estava tendo um caso com a mulher casada. O suspeito ainda pegou o número do celular do filho do jardineiro e passou a ameaçá-lo.

O homem assassinou o jardineiro. Após a elucidação do caso, a polícia foi até a casa do suspeito prendê-lo e ele tentou escapar, mas acabou pego e confessou o crime, que teria sido motivado por ciúmes.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade