Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

Três restaurantes com comida de pegada natural

Casas que oferecem opções que não pesam na consciência têm se multiplicado na cidade

Por Redação VEJA São Paulo 30 mar 2018, 06h00

Além da busca por sabores surpreendentes, os paulistanos e paulistanas têm levado em conta a preocupação com a saúde e o bem-estar na hora de escolher onde comer. Com essa tendência, os restaurantes de pegada natural na cidade têm se multiplicado. Defensor do uso do máximo de produtos orgânicos em cada receita, o Le Manjue Organique, fundado na Vila Nova Conceição, ganhou uma filial nos Jardins (Rua Vitório Fasano, 49, ☎ 3034-0631), onde faz sucesso um caprichado bufê de saladas e antepastos durante a semana, a 58 reais.

Outra novidade fresquinha, inaugurada num antigo estacionamento com decoração hipster, o Futuro Refeitório (Rua Cônego Eugênio Leite, 808, Pinheiros, ☎ 3085-5885) aposta no almoço durante a semana em combinados. Três cumbuquinhas de vegetais com uma porção de peixe cru, por exemplo, saem por 48 reais (foto).

Para um café da manhã caprichado, servido aos sábados, uma opção do Estela Passoni (Rua Joaquim Antunes, 621, Pinheiros, ☎ 3062- 1353) é o ovo pochê servido com cogumelos, aspargos e uma fatia de pão de fermentação natural (23,80 reais).

  • Publicidade