Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Barouche, no centro, encerra as atividades neste sábado (27)

De acordo com os proprietários, as novas regras da prefeitura para o uso de calçadas torna a operação inviável

Por Saulo Yassuda 26 jul 2019, 20h15

O Largo do Arouche, que parece viver uma fase de efervescência com a abertura de novos estabelecimentos, teve duas baixas. A primeira foi a suspensão das obras de intervenção urbana que rolavam por lá. A segunda é o fim do Barouche, um dos bares mais bacanas da área. A casa vai servir o último coquetel no sábado (27).

Depois da inauguração em 2016, outros endereços de pegada moderna foram surgindo na charmosa pracinha, entre eles a pizzaria Firmina Central, a balada Sputnik e, mais recentemente, o bar Térreo.

O  espaço antiguinho do Barouche tem 30 metros quadrados e quatro mesas. A maioria do público curte mesmo é beber um drinque em um dos lugares espalhados pela calçada. Mora aí o problema. De acordo com os sócios, a decisão do encerramento se deve às novas regras da prefeitura para o uso dessa área externa, o que tornaria a operação inviável.

O salão: poucos lugares internos Reinaldo Canato/Veja SP

Em um decreto publicado no início do mês, o prefeito Bruno Covas regulamenta a Lei 12.002/1996 sobre o uso da calçada por bares, restaurantes e lanchonetes. Institui-se que os estabelecimentos terão de pagar uma taxa anual que corresponde a 10% do valor do metro quadrado do terreno multiplicado pela área ocupada. A taxa mínima será de R$ 3 600,00 reais por ano. Continuam valendo regras como um espaço mínimo de 1,1 metros para a passagem de pedestres.

“Essa mudança impacta o Barouche tanto no funcionamento quanto no sentido financeiro, pois encarece bastante a operação”, explica o sócio Paulo Velasco. “Não descartamos a hipótese de retornarmos em novo endereço ou em outro formato no mesmo imóvel. Estamos repensando o negócio”, afirma. A unidade Barouche Pipoca, no Cinesala, em Pinheiros, continua a funcionar normalmente.

Conversei com donos de bares de diferentes zonas da cidade, e a nova cobrança parece ainda não estar muito bem explicada. Muitos deles não têm ideia ainda de quanto vão pagar.

Continua após a publicidade

Leia o comunicado do Barouche:

Com o decreto da Prefeitura que estabelece novas regras para uso de calçadas em São Paulo, nossa operação no Arouche tornou-se inviável. É com muita tristeza que anunciamos que as atividades do bar serão encerradas neste sábado, dia 27/07.

Agradecemos à nossa equipe e a todos os clientes que, nestes últimos anos, nos ajudaram a dar brilho a uma das calçadas mais gostosas da cidade.

Em breve deveremos ter novidades. Enquanto isso, vocês podem nos visitar na Cinesala, nossa operação lá continuará funcionando normalmente.

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha. É só clicar aqui.

 

Continua após a publicidade

Publicidade