Clique e assine por apenas 5,90/mês
Bichos Tudo sobre o mundo pet por Veja São Paulo. Quer sugerir uma pauta? Envie para alice.padilha@abril.com.br

Mulher leva tijolada na cabeça e morre após denunciar violência contra cachorro

Viviane era voluntária de uma ONG de proteção animal; ela ficou internada, mas não resistiu

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 15 out 2020, 12h43 - Publicado em 15 out 2020, 12h42

Viviane Andrea dos Santos, 33, voluntária de uma ONG de proteção animal, morreu nesta quarta-feira (14) em um hospital de Campo Mourão, no Paraná. Ela foi atacada depois de denunciar seu vizinho, que batia no próprio cachorro com um pedaço de madeira. 

A vítima foi agredida no dia 20 de setembro. De acordo com uma emissora local, o caso começou quando Viviane chamou a Polícia Militar depois de perceber que um morador próximo de sua casa agredia o animal de estimação. 

Ao chegarem na residência, os policiais não encontraram o dono, mas resgataram o cachorro ferido. No mesmo dia, o suspeito invadiu a casa de Viviane e a acertou com uma tijolada na cabeça. Ela cuidava de 12 animais resgatados após sofrerem maus-tratos. 

Viviane ficou internada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante esta madrugada.

Depois de o suspeito prestar depoimento e ser liberado, o delegado responsável pelo caso informou à emissora de televisão que o sujeito poderá responder por homicídio ou lesão corporal seguida de morte. 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Continua após a publicidade
Publicidade