Clique e assine por apenas 6,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Os bastidores da mostra sobre Leonardo Da Vinci no MIS Experience

Saiba o que já está pronto na exposição sobre o artista italiano, com inauguração prevista para sábado (2)

Por Tatiane de Assis - Atualizado em 5 fev 2020, 13h41 - Publicado em 28 out 2019, 14h52

A preparação da mostra Leonardo da Vinci — 500 Anos de um Gênio, que tem abertura marcada para sábado (2), está a todo vapor. A exposição, que inaugura o novo centro cultural da cidade, o MIS Experience, já recebeu as réplicas de projetos feitos pelo artista italiano. Os itens foram enviados por navio pela empresa Grand Exhibitions, que é responsável pelo conteúdo e formato da atividade. Eles chegaram à capital paulista no dia 22 de outubro em cinco caminhões.

O percurso da mostra sobre Da Vinci, formado por paredes pretas e vermelhas, já estava delineado desde a segunda semana de outubro. Contudo, nestes últimos dias, os objetos, como reproduções de cadernos, os chamados códices, e engenhocas, a exemplo do parafuso aéreo, foram posicionados no espaço expositivo, um galpão com 2 291 metros quadrados e 10 metros de pé direito. Na entrada da exposição, que já tem ingressos à venda, foi instalada uma reprodução de um autorretrato, atribuído ao artista. Na pintura, supõe-se que ele teria por volta de 60 anos. Seu cabelo e barba longos e encaracolados chamam a atenção, assim como o olhar que parece um tanto melancólico.

 

MIS Experience: estrutura da marcenaria repaginada Alexandre Battibugli/Veja SP

A área, onde acontece o video mapping na exposição de Da Vinci, também está em um momento de ajustes finais, o que inclui a limpeza do espaço e ajustes nas projeções. Para quem gosta de souvenirs, o MIS Experience também revelou que comercializará lembrancinhas, como camisetas, sacolas e bloquinhos de anotações. Até quarta (30), o novo espaço cultural começa a ter mais identidade, com a instalação de um letreiro que ajudará os visitantes a se localizarem na rua Vladimir Herzog, no bairro da Água Branca, onde está instalado.

+ OUÇA O PODCAST Jornada da Calma

Continua após a publicidade
Publicidade