Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Renata Vanzetto não está mais à frente do restaurante Marakuthai

A chef vendeu a dupla de endereços de culinária de toques asiáticos para o Grupo Ergo

Por Saulo Yassuda - Atualizado em 7 fev 2020, 15h06 - Publicado em 7 fev 2020, 06h00

Por Saulo Yassuda

O Marakuthai não pertence mais à chef Renata Vanzetto. Com duas casas na capital — no Itaim Bibi e no Jardim Paulista —, a marca foi vendida ao grupo baiano Ergo, em um acordo formalizado no último dia 31.

O restaurante, cuja primeira unidade a chef-empresária montou com a família em Ilhabela, em 2007, aportou em São Paulo pouco mais de dois anos depois, em um extinto ponto na Alameda Itu. Foi a estreia da cozinheira na cidade.

Os sabores, que brincavam com a culinária tai, agradaram tanto ao público que os negócios de Renata não pararam de crescer. Além de multiplicar o Marakuthai, ela abriu, de lá para cá, uma série de outros estabelecimentos de diferentes estilos: Ema, MeGusta, Muquifo,

Com os anos, porém, a chef acabou deixando o Marakuthai — que pertencia a outro quadro societário — de lado. Continuava sócia, mas não estava mais no dia a dia. “Fazia três anos que eu não trabalhava efetivamente nas casas. Os restaurantes já andavam sem a Renata, estávamos sem gestão nos últimos anos. Então cogitamos vender”, explica ela.

Renata Vanzetto: chef fundou o Marakuthai no litoral paulista Ligia Skowronski/Divulgação

As duas unidades paulistanas ficam agora sob o guarda-chuva do Ergo, que atua em segmentos como transporte e tecnologia e vem engatinhando no mundo de alimentos e bebidas — o grupo é sócio da Barraca do Lôro da Praia do Forte, na Bahia.

Continua após a publicidade

O cardápio do Marakuthai, criado pela fundadora, tem boas receitas, como as tiras de frango mergulhadas em um untuoso molho de curry amarelo e leite de coco com vagem (R$ 44,00), e permanecerá em vigor.

A nova operação fica sob a supervisão do chef Gustavo França, herdeiro do Buffet França. “Vamos dar uma afinada na apresentação dos pratos e no serviço”, afirma Gabriel Slezynger, CEO do grupo Ergo.

“Em cinco anos, queremos chegar a pelo menos vinte unidades no país inteiro e até no exterior”, projeta. O preço da venda não foi divulgado.

A unidade de Ilhabela não entrou no pacote e será transformada em outro restaurante, o Pescadora, ainda sob o comando de Renata.

Marakuthai 
Alameda Lorena, 1295, Jardim Paulista, tel. 3062-7556 e 3061-1015.

Marakuthai – Itaim Bibi
Rua Pais de Araújo, 77, Itaim Bibi, tel. 3078-3246.

Continua após a publicidade
Publicidade