Clique e assine com até 89% de desconto
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

COMER & BEBER 2020/2021 será lançado em novembro

O guia anual de gastronomia da Vejinha premiará 33 categorias em festa que mistura os universos físico e digital direto do Farol Santander

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 23 out 2020, 12h38 - Publicado em 21 out 2020, 16h22

Certamente 2020 será lembrado como um dos anos mais atípicos de toda a história. A pandemia do novo coronavírus vetou beijos e abraços, demonstrações de afeto no cotidiano. Também impediu que as pessoas trabalhassem. Entre os segmentos mais abalados pelos efeitos da Covid-19, estão os negócios da gastronomia. Por quatro longos meses, quase como um inverno interminável, não foi possível frequentar restaurantes, bares, sorveterias, lanchonetes, confeitarias e cafés. Finalmente em agosto, o retorno foi permitido com regras seguras, como uso de máscara e banhos e banhos de álcool em gel.

Atenta a essa volta, a equipe de gastronomia da Vejinha zerou todas as visitas que tinha feito até março para começar tudo de novo, já que muitos estabelecimentos voltaram com cardápios alterados e horários reduzidos. E pôs o pé na rua, observando todos os cuidados necessários, com a missão de produzir em prazo recorde a 24ª edição anual COMER & BEBER. Não poderia ser diferente para a marca jornalística mais confiável no segmento gastronômico do país. E assim está sendo feito. Em menos de três meses, o grupo de profissionais vem selecionando os melhores lugares para fazer uma refeição, tomar um drinque, beliscar um petisco e saborear um bombom.

Mesmo com um tempo tão apertado, mantém-se o rigor de sempre. Todos os estabelecimentos são visitados para que o padrão de qualidade seja testado. Um detalhe importante que não pode passar despercebido pelo amigo leitor: todas as contas são pagas pela Editora Abril, que publica VEJA SÃO PAULO. O procedimento permite que as avaliações continuem isentas.

Claro que os efeitos da pandemia motivaram mudanças na edição, que neste ano sai compacta. Serão cerca de 350 endereços estrelados por VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER. Ao todo, 33 categorias serão premiadas. Em 19 de novembro, uma festa que mistura os universos físico e digital – phygital – vai revelar os campeões da gastronomia paulistana direto do Farol Santander. No dia seguinte, a edição impressa chega às bancas e às casas dos assinantes, além de estar disponível na versão online.

Será bom comemorar a resiliência des guerreires que continuam a fazer de São Paulo a capital brasileira da boa mesa. Mais do que isso. Neste ano, mais gente poderá assistir à premiação pelo YouTube e outras redes sociais da Vejinha. Como anfitrião dessa noite, aguardo todos para celebrar um dos maiores prazeres dos paulistanos: Comer & Beber. Espero vocês lá!

 

Continua após a publicidade

Para anunciar no COMER & BEBER, clique aqui

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:

Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma

  • Continua após a publicidade
    Publicidade