Passeios

Dezenas de programas para curtir São Paulo

Aproveite o melhor que a cidade tem para oferecer com estas sugestões

Por: - Atualizado em

Café do Theatro Municipal - restaurantes - 2234
Sugestões quentes e frias: concorrido self-service dentro do Teatro Municipal (Foto: Mario Rodrigues)

São Paulo é conhecida por sua agitada vida cultural, que, a cada ano, torna-se mais efervescente, com centenas de shows, espetáculos de teatro e festivais, entre outros, além da fama por sua gastronomia.

São tantas as opções que até quem mora na cidade fica perdido quando precisa indicar um programa para um turista amigo.

Para ajudar nesta tarefa, listamos programas para explorar a terra da garoa. Siga até o final e faça sua lista!

***

LOCAIS PARA COMER

Capa 2259 - Café - Santo Grão
Santo Grão: matéria-prima especial nas mãos de baristas bem treinados (Foto: Mario Rodrigues)

Café com sobremesa no Santo Grão Oscar Freire

A rede de lojas do neozelandês Marco Kerkmeeste serve diferentes tipos de café. Aproveite um passeio pela agradável e famosa rua Oscar Freire e saborei um doce enquanto experimenta o café. Mas, para não se aborrecer com as trapalhadas do atendimento, melhor fugir da unidade em horários de muito movimento, como no almoço.

Tortilla espanhola com sangria no Donóstia

Inaugurada em 2011, a casa quer ser uma taberna basca, com pinchos (tiragostos espetados no palito) prontos sobre o balcão. No final de um dia de trabalho, passe lá e experimente a tortilha espanhola com uma sangria a seu gosto.

Feijoada de sábado com chorinho e samba no Veríssimo

O clima nessa bar do Itaim é bem família, a música é bastante agrável e as sobremesas, que pode ser uma sequência de docinhos brasileiros, impagável. Curau, cocada, brigadeiro no copinho.

Z Deli Sanduíches
O sanduíche de pastrami: Nova York como inspiração (Foto: Fernando Moraes)

Sanduíche de pastrami do Z Deli Sanduíches

Minúsculo e despojado, o lugar deixa os clientes à vontade para devorar um lanche mesmo quando estão desacompanhados. Vá e prove sanduíches como a versão de pastrami, coberto por cebola em conserva e molho de mostarda. Se for quente, recebe ainda queijo emmental. Incremente com batata frita.

Hambúrguer vegetariano do St. Louis

O cardápio criado pelo proprietário Luiz Cintra se destaca tanto pelos hambúrgueres quanto pelos sanduíches. Para os vegerarianos, a opção é ótima.

Frevo - beirute
Beirute de rosbife e salada do Frevo (Foto: Fernando Moraes)

Beirute no Frevo da Augusta

Coma um beirute no Frevo da Augusta e se sinta renovado antes ou depois de um filminho na região.

Comer na madrugada

O clássico sanduíche de pernil do bar Estadão é sempre uma boa pedida, ainda mais se for para comer no meio da noite. Saindo da balada ou acabando um longo dia de trabalho, pedir um PF ou uma feijoada é sempre possível.

Veloso
Veloso: a coxinha desse bar na Vila Mariana é a sensação (Foto: Fernando Moraes)

Uma coxinha do Veloso

Um clássico da Vila Mariana. Vá para comer coxinhas e também para experimentar alguma caipirinha com sabores exóticos que servem por lá.

Os churros no Dona Onça

O lugar, bem no coração de São Paulo, é um bar, mas brilha pela comida. Depois de saciado, peça uma porção de minichurros para saborear. Depois, quando estiver satisfeito, ande pela região do Copan, um dos edifícios mais famosos criados pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Edifício Copan_Oscar Niemeyer
Edifício Copan, de Oscar Niemeyer (Foto: Andre Deak)

Uma empada da Casa Godinho

O mercadinho só fica aberto nos dias de semana, mas vale se programar para visitar o lugar e comer uma empada, a vencedora deste ano do Comer & Beber como melhor comidinha empada.

Café do Theatro Municipal - restaurantes - 2234
Sugestões quentes e frias: concorrido self-service dentro do Teatro Municipal (Foto: Mario Rodrigues)

Um café no Municipal

O Teatro Municipal é um relíquia da cidade que esconde um outro tesouro: o Café do Theatro Munipal, uma sala lindamente decorada, que serve bufê e pratos à la carte. Comer é o menos importante quando se tem um ambiente tão especial como paisagem.

Mosteiro de São Bento 2180 3
Mesas postas no salão do Mosteiro de São Bento (Foto: Mario Rodrigues)

Bolos do Mosteiro de São Bento

Na região do Largo São Bento, o mosteiro já é um destaque, mas o que nem todo mundo sabe é que os beneditinos têm uma padaria que é um primor. Há pães e também bolos, caros, mas que valem pelo incrível sabor.

A vida no sufoco - Mocotó - 2218
Mocotó: os clientes aglomeram-se no bar, que fica com um jeitão de metrô na hora do rush (Foto: Fernando Moraes)

Esperar por um lugar no Mocotó

Sim, ir ao restaurante de Rodrigo de Oliveira, na zona norte, é um programa para um dia inteiro. As filas nos finais de semana são grandes, mas a espera pode ser um programa muito bacana. Garanta um lugar no balcão, puxe papo com os simpáticos garçons e vá pedindo, entre uma caipirinha e outra, um queijo coalho ou um dadinho de tapioca.

Tomar um chá da tarde no jardim

No Tea Kettle, aos finais de semana é possível encontrar um brunch. Mas a dica é aproveitar a atmosfera rústica do imóvel para expeimentar umas das 150 opções de blends, entre elas chá-verde japonês com arroz tostado e a versão preta aromatizada por pistache e amêndoa.

Peça e coma em casa

Na Casa Rovigo, você escolhe uma ótima massa artesanal para fazer levar pra casa e fazer de conta que você é um  mestre-cuca. Mas, se preferir, sente-se em uma das mesas da varanda e saboreie lá mesmo um prato.

Sobremesa na Rua dos Pinheiros

A região ao lado da Avenida Rebouças desponta como um pequeno e interessante novo polo gastronômico da capital. Dentre as muitas opções para um bom almoço, reserve espaço no estômago para saborear uma bombas no Faire La Bombe.

Brigadeiros By Cousin’s
Algumas das variedades da Brigadeiros By Cousin’s (Foto: Mario Rodrigues)

Tomar um café com brigadeiro

É uma oportunidade única: experimentar um Nespresso com um brigadeiro no funda da xícara. Onde? Na Brigadeiros by Cousin’s.

***

LUGARES PARA PASSEAR

Cachorro
Os cachorros são bem-vindos na região da praça Benedito Calixto (Foto: Thinkstock)

Caminhada com o cachorro no sábado de manhã pela Benedito Calixto

A praça em Pinheiros é famosa pela sua feirinha de artesanato e antiguidades aos sábados. Mas, se tiver um cachorro festeiro em casa, leve ele pra passear pela região no começo do final de semana. Os frequentadores são simpáticos e amam cachorros, o que torna tudo uma diversão. Os barzinhos do entorno são pet-friendly e deixam os cachorros ficarem na varanda.

Conhecer a Cinemateca

Cinemateca São Paulo
A Cinemateca de São Paulo, na Vila Mariana (Foto: Divulgação)

Vá ver um filme na sala BNDES da Cinemateca, uma das mais bonitas da cidade. Chegue mais cedo e ande pelo espaço, uma surpresa para quem vai pela primeira vez. Outro cinema que vale a visita é o Cine Olido, no Centro.

Visitar o Centro de São Paulo

Os prédios e os calçadões do Centro ficam vazios depois que o comércio fecha nos sábados à tarde. Um dos locais mais indispensáveis é o Centro Cultural Banco do Brasil, que recebe exposições e peças, mas vale também pelo café e pela arquitetura.

Perspectiva do prédio do CCBB, tombado pelo Departamento do Patrimônio Histórico
Perspectiva do prédio do CCBB, tombado pelo Departamento do Patrimônio Histórico (Foto: Waldir PC)

Passeio pela nova Praça Roosevelt

O Espaço Parlapatões, para quem é da turma da arte e gosta de cerveja de garrafa, e o Rose Velt, ideal para casais e para quem está atrás de pratos e petiscos mais elaborados são ótimas opções para curtir depois de um passeio pela restaurada Praça Roosevelt. Os teatros da região também são atrações interessantes para quem curte as artes cênicas.

Sesc Belenzinho
A unidade do Sesc na zona leste é ótima para passar o dia (Foto: Divulgação)

Passar o dia no Sesc Belenzinho

Na zona leste, o lugar é bom para todas as idades e gostos. Tem peças, shows, salas de leitura, biblioteca e uma linda piscina que qualquer pessoa pode usar (desde que tenha atestado médico).

Shopping Center Grandes Galerias (Galeria do Rock), de Alfredo Mathias
Shopping Center Grandes Galerias (Galeria do Rock) (Foto: Andre Deak)

Conhecer as galerias da rua 24 de Maio

A mais famosa galeria do Brasil é a Galeria do Rock, apenas uma entre as muitos "shoppings abertos" que existe nessa região da rua 24 de Maio.

Descer a pé a Augusta

Aproveite um fim de tarde para caminhar pela rua Augusta no sentido centro. O tumulto da região, que mistura todo tipo de gente, é um reflexo do movimento da loja de Sorvetes Soroko, uma dica para os vegans que gostam de comer doces como o creme de açaí e o sorvete de soja.

Pacaembu - Museu do Futebol
Pacaembu - Museu do Futebol (Foto: Divulgação)

Coma pastel na feira de sábado no Pacaembu

Com um dos pasteis mais procurados da cidade, a Praça Charles Miller recebe feiras livres que são um ponto turístico. Vá com tempo e aproveite para uma visita ao Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu.

Feirinha do Center 3

Essa é a dica para quem perdeu a feirinha da Benedito Calixto no sábado: a maior parte dos feirantes também está no Shopping Center 3 aos domingos. O bom é que o lugar é do lado de muitos cinemas, na avenida Paulista, e fica aberto até 21h. 

Fachada da Estação da Luz de 17
O relógio na torre do edifício servia como referência para os paulistanos (Foto: Antonio Andrade)

Conheça a história da Estação da Luz

Aos sábados, domingos e feriados, o museu promove um passeio de 50 minutos pela estação, um prédio que foi erguido em 1867 e serviu como uma importante porta de entrada para a capital paulista durante muitos anos.

Fazer compras na Vila Madalena

O bairro boêmio e descolado também oferece muitas lojas de roupas e decoração. Aproveite um dia de sol para bater pernas pelas ladeiras da Vila.

Auditório Ibirapuera
Auditório Ibirapuera (Foto: Veja São Paulo)

Ir ao Ibirapuera

Sim, todo paulistano precisa descobrir as maravilhas do parque mais famoso da cidade. Um dos lugares mais intrigantes é o Auditório Ibirapuera. Com arquitetura de Oscar Niemeyer, o prédio por si só é um arrazo.

Vá praticar esporte com a rua

Isso mesmo: com a rua. Se você gosta da cidade e de esportes radicais, São Paulo tem ótimos lugares para praticar parkour, um esporte em que os obstáculos fazem parte da brincadeira.

***

OPÇÕES PARA BEBER

The View
The View (Foto: Divulgação)

Beba a dois no The View

Fica na cobertura do flat Transamérica International Plaza, a um quarteirão da Paulista. O lugar não é barato, mas a atmosfera romântica está garantida. Com piano ao vivo, a trilha inclui jazz e clássicos de Frank Sinatra. Como o nome sugere, a vista é incrível.

Anexo SB
Anexo SB: nova área integrada ao ambiente principal da grandiosa choperia (Foto: Mario Rodrigues)

Prove um drinque novo no Anexo SB

O ambiente é integrado ao do Boteco São Bento, no Itaim Bibi. São dezenas de drinques na carta elaborada pelo barman Kascão Oliveira. Em caso de dúvida, acalme-se: a seleção inclui clássicos como o kir royal, o bloody mary e um bem executado dry martini.

Visite o Bar do Léo

Vale a pena comprovar que o chope Brahma voltou a ser servido com cremosidade exemplar. Um dos acertos da nova administração foi manter o tirador Fernando Lopes no comando da chopeira, em formato de caneca alemã.

Experimente cervejas gourmet

O Leão da Terra, na Avenida Engenheiro Caetano Álvares, é o único bar especializado em rótulos importados da zona norte. O cardápio elaborado pelo chef-consultor australiano Greigor Caisley é rico em loiras, morenas e ruivas.

SubAstor: bar revelação segundo Comer & Beber 2009 Foto 2
SubAstor (Foto: Veja São Paulo)

Encontre um speakeasy

O SubAstor é um estabelecimento do tipo speakeasy, como eram chamados os bares clandestinos da época da Lei Seca americana. Isso porque fica escondidinho, sem ligação direta com a rua. Quando conseguir entrar, peça o drinque beet by bit, que vem numa taça de vinho enrolada em papel-manteiga. Refrescante, combina o aperitivo italiano Aperol com um inusitado xarope natural de beterraba, sucos de limão-siciliano e grapefruit e espumante.

Paquere no Suíte Savalas

Prefira a noite de quarta, quando rola show da banda Houdinis. No repertório, Beach Boys, Bob Dylan, The Police... Para beber, peça o mojito de blueberry, feito no maior capricho. O ambiente avermelhado, com luz baixa, favorece a paquera.

***

LUGARES PARA LEVAR AS CRIANÇAS

Sete lugares para ler e comprar HQ

São Paulo tem de tudo, até diversos endereços para quem gosta de ler, colecionar, comentar e culturar as histórias em quadrinhos.

Video Games Live
Video Games Live (Foto: Divulgação)

***

5 LUGARES PARA RELAXAR

Ver um filme em 4D no Cinépolis do JK Iguatemi

Depois do cinema 3D, a nova onda é aproveitar a sala 4D, que faz o espectador sentir movimentos e tremores do filme, além de ventos, gotículas de água e outras surpresas dependendo do filme que está sendo exibido. O ingresso é caro, mas quem quiser ver filme de um jeito novo, essa é a chance.

Bourbon Unibanco Artplex IMAX tela
Tela da sala IMAX tem 13,40m (altura) por 21,34 m (largura) (Foto: Aline Arruda)

Veja um filme em Imax no cinema do shopping Pompeia

Imagine um cinema em que a tela se estende do chão ao teto e os personagens do filme parecem avançar sobre a plateia? É assim! Tem que experimentar as salas Imax.

Feira do Parque da Água Branca
Feira do Parque da Água Branca: venda de alimentos orgânicos até as 12h (Foto: Divulgação)

Respire fundo no Parque da Água Branca

O parque é um refúgio caipira pertinho do metrô Barra Funda. Às terças, sábados e domingos há uma feira de produtos orgânicos promovida pela Associação de Agricultura Orgânica.

***

CHANCES PARA SAIR DANÇANDO

Um agito na Augusta

Para ouvir rock e música eletrônica na rua mais badalada da cidade é o Mono Club. Apertadinho e com clima de casa das antigas.

Finja que está em Nova York

provocateur
A boate Provocateur: para endinheirados (Foto: Raul Zito)

Conheça a filial paulistana da balada nova-iorquina Provocateur. A versão local fica no Itaim Bibi. O fumódromo envidraçado exibe uma árvore exuberante, que atrai mesmo que só precisa tomar um ar. Ainda que, claro, não haja tanto oxigênio ali.

Visite a balada de um sertanejo famoso

Curta o clube sertanejo de Luan Santana. O Outlaws foi inaugurada recentemente na Rua Augusta, lado Jardins, depois de um investimento de R$ 8 milhões.

Vire uma noite de semana em um clube eletrônico

Casas noturnas como a D-Edge, a Clash, a Hot Hot e a Disco mantêm programação eletrônica em dias variados da semana. Você pode chegar mais tarde no trabalho amanhã?

Luan Santana
Luan Santana (Foto: Divulgação )

Brinque de casinha na balada

De fora, parece uma casa comum, de bairro. Mas, dentro, você vai curtir uma das baladas mais movimentadas da cidade, a Casa 92. Esta antiga residência em Pinheiros tem sala, copa, cozinha, quintal e até puxadinho.

Confunda-se em um bar-balada

Leve seus amigos para conhecer um novo bar-balada nos Jardins. O D4 é um espaço para beber e petiscar cercado de intervenções artísticas. Pode ser que no final da noite você ainda não saiba exatamente qual é a do lugar, mas vai ser divertido.

***

JEITOS DE FICAR JUNTINHO

Vários filmes em 3D

Essa dica é para quem gosta de se divertir ao lado de pessoas queridas. Há muitos filmes em 3D à sua disposição. Quer saber mais? Veja aqui.

Uma tarde na Vila Madalena

Após um demorado e preguiçoso almoço, que tal tomar um sorvete na Stuzzi e depois simplesmente passear pelas ruas do bairro da boemia paulistana? Tem sempre uma lojinha ou uma feira bacana para ver. Além disso, não falta uma boa mesa para acolher um casal que quer brindar.

Casa de Francisca tem cervejas artesanais e música ao vivo
Casa de Francisca tem cervejas artesanais e música ao vivo (Foto: Fernando Moraes)

Show na Casa de Francisca

A menor casa de espetáculos da cidade é muito sedutora e vale por si só. Quando a cantora Cida Moreira está agenda, aí o programa fica perfeito. Com piano ao fundo, cada faixa em sua voz causa suspiros. Peça um vinho e namore bastante.

Luzes do Norte
Desenho O imperador Sigismundo com o rei da Boemia e o rei da Hungria, de autor desconhecido, datada de 1450. Na mostra do Masp (Foto: Divulgação)

Uma exposição de gravuras

O Masp essa semana tem novidades para todos os gostos. Mas, para os mais sensíveis e se o tempo não colaborar, vá até a exposição Luzes do Norte - Desenhos e Gravuras do Renascimento Alemão na Coleção do Barão Edmond Rothschild/Musée Du Louvre.

***

LUGARES PARA ENCONTRAR FAMOSOS

Restaurante Spot
Balcão do Spot: boa opção para almoçar ou jantar desacompanhado (Foto: Mario Rodrigues)

Beba e coma no balcão do Spot

Não importa o horário: as mesas são sempre muito disputadas ali. Não se preocupe com isso e aceite um lugar no balcão de bom grado. Modelos, atores e celebridades paulistanas costumam frequentar o restaurante.

Bar Secreto

Como o nome diz, é um lugar escondidinho que costuma receber festas secretas de famosos, como a de Madonna, em 2008.

Bar Número

O lugar é um "QG exclusivista da high society paulistana". Para garantir a entrada, é necessário fazer reserva e pagar altos valores de consumação mínima. Mas, se você gosta da presença dos jogadores de futebol, é lá mesmo que eles frequentam.

Ecco

Este restaurante, caro, também é amado pelos paulistanos que aparecem nas revistas de fofoca. A ideia aqui é ver e ser visto.

Fonte: VEJA SÃO PAULO